Campeonato Nacional de Futebol terá novo formato a partir desta época

14/02/2017 07:43 - Modificado em 14/02/2017 08:47
| Comentários fechados em Campeonato Nacional de Futebol terá novo formato a partir desta época

O Campeonato Nacional de Futebol arrancará no dia 13 de Maio e, este ano, vai ter novo formato com mais jogos e mais grupos. Isto, depois da aprovação durante a Assembleia-Geral Extraordinária da FCF, ocorrida este fim-de-semana no Mindelo, que distribuiu os doze campeões por três grupos de quatro equipas.

Em relação às edições passadas que contavam apenas com dois grupos de seis equipas onde se apuravam os primeiros e segundos classificados, este ano o modelo mudou passando para três  grupos com quatro equipas onde cada uma vai disputar seis jogos a duas voltas, passando às meias-finais os três primeiros classificados e melhor segundo classificado.

Depois do sorteio realizado este fim-de-semana em São Vicente o campeão em título, o Mindelense, integra o grupo B e vai iniciar o seu percurso com uma deslocação a Ponta do Sol para defrontar o campeão regional Norte ainda por definir.

O tetracampeão Mindelense irá integrar o grupo B com os representantes de Santo Antão Norte, Santo Antão Sul e ainda o campeão do Sal. O grupo A será constituído pelos campeões regionais de Santiago Norte, Fogo, Maio e ainda São Nicolau. Por último, o grupo C engloba os campeões da Brava, Santiago Sul, o segundo classificado de São Vicente e ainda o Boavista.

O Presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol, Vítor Osório, em declarações à Inforpress realça que este novo modelo vai possibilitar “mais competição e competitividade”, trazendo igualdade entre as formações, pelo simples facto de que vão ter três jogos fora e três jogos em casa.

“Quando temos três grupos e o melhor segundo é repescado para as meias-finais, isso vai permitir que haja uma competitividade do princípio ao fim durante toda a fase de grupos”, realçou.

De acordo com Vítor Osório, o aumento dos jogos vai possibilitar aos clubes integrantes mais retornos devido às transmissões televisivas, assim como um retorno na formação de atletas.

O líder da Federação avançou ainda que o montante do orçamento deste novo modelo de campeonato nacional será de 24 milhões de escudos, mais quatro milhões do que o presente modelo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.