Calabaceira: Moradores reclamam de mau cheiro proveniente da criação de porcos dentro de uma…casa

14/02/2017 08:40 - Modificado em 14/02/2017 08:40

Os moradores da zona de Calabaceira, cidade da Praia, procuraram o jornal NN para denunciarem o mau cheiro e o barulho de animais como porcos, galinhas e cabras que estão a ser criados dentro de uma residência, o que consideram “um atentado à saúde pública”.

Os entrevistados dizem-se afrontados: “não suportamos mais o mau cheiro dentro das nossas casas”. Apesar de compreenderem que a actividade é a única fonte de rendimento do criador, os mesmos consideram que a criação dos animais deve ser feita em espaços apropriados.

A falta de higiene das pocilgas, segundo os moradores, é o problema maior. Para além do mau cheiro, a água suja escorre pelas paredes deixando o local com mau aspecto, sem contar com a grande quantidade de moscas e de mosquitos.

Vicente, morador do bairro, diz-se preocupado com a situação que diz arrastar-se há vários anos. “Os animais estão a ser criados no terraço da residência em causa. O cheiro incomoda-nos”.

Maria, também ela moradora, apela pela intervenção da Câmara Municipal da Praia. “Temos mosquitos durante todo o ano. Somos obrigados a deixar as portas e as janelas fechadas para minimizar o terrível mau cheiro dentro das nossas casas, por isso, queremos que alguém de direito resolva a situação”, frisa.

É proibida a criação de animais em áreas urbanas e os criadores estão sujeitos às penalidades vigentes na lei. O Código de Postura Municipal é claro quanto à criação de animais dentro da cidade. Arnaldo Oliveira apela ainda que as autoridades, para além de medidas sancionatórias, sensibilizem os moradores “para tomarem consciência dos efeitos negativos das criações clandestinas”.

As autoridades da saúde alertam que as fezes destes animais podem trazer doenças às pessoas, nomeadamente a cisticercose, conhecida como as larvas que se deslocam até ao cérebro do ser humano.

Contactámos o vizinho em causa, mas o mesmo recusou-se a prestar declarações ao NN.

  1. Aguinaldo Fonseca

    África minha! Que venham mais dengues e outros de igual teor.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.