Caso Pinto Monteiro: PN acata decisão judicial, mas…

13/02/2017 07:57 - Modificado em 13/02/2017 07:57

O Superintendente da Policia Nacional  Estaline Moreno diz que a instituição  aceita a decisão judicial que absolveu o advogado Pinto Monteiro do crime de desobediência e resistência aos agentes da PN no aeroporto da Praia. Mas refuta acusações que a PN vêm sistematicamente cometendo abusos de poder, maltratando e torturando os cidadãos.

Sobre o caso de Pinto Monteiro informou que “independentemente da decisão judicial, a Policia Nacional está a investigar internamente e tomará as devidas medidas caso se prove que houve abuso por parte dos seus agentes.” 

Hélio Sanches, advogado de Pinto Monteiro,  em declarações a RCV defendeu que o desfecho do caso, veio provar que o seu constituinte foi agredido e torturado por agentes da Polícia de Fronteira e instou a Policia Nacional a rever as suas atitudes em nome da sua imagem. Para além da decisão judicial, das opiniões de uns e de outros, um video gravado pelas câmaras de segurança do aeroporto e que vazou nas redes sociais veio mostrar o que realmente aconteceu.

  1. Silvério Marques

    Um dos casos mais flagrantes de violência policial aconteceu na esquadra de Assomada – Santa Catarina. Um preso tem ferimentos no peito devido a maus tratos. Justificação do comissário e comandante da esquadra. O preso algemado tentou pular a parede para fugir e caiu. Disse isso na TV e na Rádio. Quem não tem amigos que já sofreram a violência policial nos seus vários aspectos ? Em Santiago quando a polícia aborda um cidadão ele parte logo de início que ele é um delinquente e tem de ser tratado com modos violentos. Quem não foi já humilhado quando vai á esquadra fazer uma queixa ? Reconhecer os êrros é primeiro passo para os corrigir. No aeroporto, há uma bagagem com um volume suspeito. Quem deve tirar o volume – o fiscal ou o dono da bagagem ? E se o fiscal põe na bagagem onde ele mexeu algo ilícito ? que fica a saber ? . Lá fora na bagagem que mexe é o dono. Aqui em Cabo Verde é o fiscal. Quem tem razão ?

  2. Atento

    Vai averiguar internamente e tomar medidas os “cambau”…… é sempre a mesma coisa. Os paus mandados sempre a frente, dai dizerem coisas com coisas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.