Eurodeputado português defende a inclusão de Cabo Verde no espaço Schengen

6/02/2017 08:18 - Modificado em 6/02/2017 08:18
| Comentários fechados em Eurodeputado português defende a inclusão de Cabo Verde no espaço Schengen

O eurodeputado e Presidente do Movimento Partido da Terra (MPT), José Inácio Faria, acredita que a história e a posição geoestratégica de Cabo Verde permite considerar a inclusão do país no espaço “Schengen” onde existe a livre circulação dos cidadãos europeus.

 

José Inácio Faria assegura que esta ideia conta com o apoio dos eurodeputados portugueses neste processo, mas frisa que nem todos os países europeus têm a mesma posição e garante o empenho dos eurodeputados portugueses na defesa da inclusão de Cabo Verde no espaço “Schengen”.

O mesmo reconhece que é complicado, “mas temos de defender os nossos interesses e temos de dar apoio a esta aproximação que é notória por parte de Cabo Verde e das autoridades cabo-verdianas”, uma vez que acredita que haverá benefícios não só para o futuro de Cabo Verde, mas também para a Europa.

A posição geográfica de Cabo Verde é vista como uma vantagem em que a “encruzilhada entre África, América e Europa, torna o país no local ideal para ser abarcado pela plataforma do espaço Schengen”. O mesmo adianta que numa altura em que se fala na criação de muros pela Europa e pelo mundo, “penso que seria salutar que fosse alargado o espaço Schengen a Cabo Verde até porque os cabo-verdianos têm um espírito muito europeu”, de acordo com a Lusa.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.