Cantor Tói Pinto distinguido pelo Mayor de Brockton

3/02/2017 08:14 - Modificado em 3/02/2017 08:14
| Comentários fechados em Cantor Tói Pinto distinguido pelo Mayor de Brockton

O intérprete da nossa música e não só, o conhecido Tói Pinto, vai ser distinguido pelo Mayor de Brockton, Bill Carpenter.

O artista cabo-verdiano António Henrique Macedo de Melo e Pinto, mais conhecido na cena musical por Tói Cabecinha, reside nos Estados Unidos. É conhecido pela sua versatilidade nos diversos estilos musicais, em particular, na interpretação de vários géneros musicais que vão da morna ao jazz, da coladeira à bossa nova, do bolero ao blues.

O acto terá lugar no Cardoso Café em Brockton numa noite em que a grande surpresa vai ser a actuação do conhecido Senador Mark Pacheco. Aquele político de ascendência portuguesa vai cantar e tocar o saxofone.

Os artistas serão acompanhados pelos músicos Kikas Lobo na guitarra, Ney Miranda nos teclados, o angolano Hélio Cruz na bateria e o jovem baixista Anderson Veiga.

O show que conta ainda com a presença do Embaixador em Washington, Carlos Veiga, terá lugar no dia 11 de Fevereiro e vai assinalar o Valentine’s Day.

Tói Cabecinha nasceu em São Nicolau, em Março de 1949, mas ainda criança transferiu-se com a família para a ilha de São Vicente. Aos 16 anos começou a aprender música com o Padre Simões tendo como colegas Paulino Vieira, Kiki Lima e Tony Óscar.

Juntamente com Kiki Lima (baixo) e Tony Óscar (órgão) haveria de pertencer ao grupo “The Robins” fundado em 1969 e que incluía ainda Kaká Barbosa (guitarra-solo), Tey (drums), Kotchi (vocalista) e o próprio Tói Cabecinha como vocalista e guitarra.

Em 1971, Tói Cabecinha integrou o grupo “Os Alegres” como vocalista, antes de partir para Angola como profissional de futebol mas, no fim, a música falou mais alto.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.