Azealia Banks e Rihanna em guerra por causa de Trump

1/02/2017 08:43 - Modificado em 1/02/2017 08:43
| Comentários fechados em Azealia Banks e Rihanna em guerra por causa de Trump

Azealia Banks e Rihanna envolveram-se numa troca de acusações nas redes sociais por causa das políticas de emigração de Donald Trump. A “rapper” chegou a revelar o número de telefone da cantora de “Umbrella”.

Azealia Banks voltou a dar que falar pelo seu comportamento nas redes sociais, depois de ter divulgado o suposto número de telefone de Rihanna. Tudo por causa de um “tweet” da cantora que nasceu nos Barbados, que se mostrava “enojada” com as medidas de Donald Trump.

“Enojada! Estas notícias são devastadoras! A América está a ser destruída mesmo à frente dos nossos olhos. Que porco imoral que tem de se ser para se implementar esta porcaria de medidas!”, escreveu Rihanna no Twitter.

A resposta de Azealia Banks a Rihanna não demorou mas também não ficou muito tempo publicada nas redes sociais, tendo a “rapper” já eliminado a imagem em questão, que mostrava o alegado número de telefone da voz de “Umbrella”. “Quanto à Rihanna (que não é uma cidadã norte-americana e não pode votar) e todas as outras celebridades que usam a sua influência para agitar o público, vocês têm mesmo de se calar e sentar.”

“Se pessoalmente concordo com o que está a acontecer? Não! Mas como uma americana que preza a sua segurança e sobretudo a capacidade de manter um certo nível de ignorância, estou 100% chocada sobre fronteiras abertas e seria muito assustador para mim e para a minha família se alguma dessa guerra começasse a acontecer no nosso solo”, acrescentou ainda Banks.

Rihanna respondeu às provações de Azealia com uma fotografia no Instagram, onde se lia na legenda:”A tua cara quando és um imigrante”. Na descrição, a cantora criou as “hashtags” “fica longe das galinhas”, “eu amo nuggets” e “salvem as nossas galinhas”, uma alusão à confissão da “rapper” norte-americana em já ter sacrificado galinhas.

Rihanna, à semelhança de outras figuras públicas, tem tido uma voz bastante ativa contra o presidente norte-americano. A cantora marcou, inclusivamente, presença na Marcha das Mulheres contra Trump.

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.