Sal: PN anda à “caça” dos ladrões responsáveis por uma onda de assaltos

31/01/2017 08:07 - Modificado em 31/01/2017 08:07
| Comentários fechados em Sal: PN anda à “caça” dos ladrões responsáveis por uma onda de assaltos

A ilha do Sal registou um significativo aumento dos assaltos no mês de Janeiro, sendo alvo nacionais e turistas que visitam a Ilha das Salinas. Este facto preocupa a população, mas a Polícia Nacional (PN) garante que as medidas necessárias já foram tomadas e que inclusive os autores já estão identificados em prol da segurança e tranquilidade na ilha.

 

O mês de Janeiro de 2017 ficou marcado por uma onda de assaltos e roubos e o Comandante da PN diz à Inforpress que nos últimos dias, foram registados assaltos em duas lojas chinesas, uma em Santa Maria e outra nos Espargos, outro roubo onde agrediram um casal na praia de mar e levaram alguns objectos, duas turistas de nacionalidade italiana foram assaltadas na beira-mar na praia da Murdeira, um armazém das lojas LG foi assaltado e os ladrões levaram alguns plasmas. Ainda neste fim-de-semana, um homem foi assaltado enquanto fazia exercício ao ar livre porém, neste caso, os assaltantes foram detidos em flagrante delito.

São esses delitos registados pela PN que estão a preocupar a população, sendo uma situação que o Comandante João Santos lamenta, uma vez que a ilha do Sal é associada ao turismo e assegura que não é esta a imagem que se pretende para o país. O Comandante da Polícia Nacional (PN) do Sal, João Santos, esclarece que os suspeitos dos assaltos são dois rapazes, um maior de idade e outro de quinze anos que, devido ao seu físico corpulento, aparenta ter mais idade. Sabe-se que outro meliante já tem passagem na PN e inclusive já tem um processo instruído e remetido ao Ministério Público.

A Polícia Nacional anda à “caça” dos ladrões e tomou “medidas de controlo de saída e entrada de passageiros no Porto da Palmeira. A polícia está a trabalhar no sentido de travar esta onda que tende a assolar a ilha no início do ano”, assegura o Comandante João Santos. O mesmo acrescenta que a PN não dará tréguas aos assaltantes para que haja maior segurança e tranquilidade na Ilha das Salinas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.