Sal: três casos de abuso sexual no espaço de quinze dias

26/01/2017 08:05 - Modificado em 26/01/2017 08:05

A ilha do Sal registou três casos de abuso sexual no espaço de quinze dias. Casos que fazem aumentar as estatísticas no país e que um estudo levado a cabo pela UNICEF anuncia que pelo menos 95% das vítimas de violência e abuso sexual contra crianças e adolescentes em Cabo Verde são do sexo feminino.

Os registos de abuso sexual são referentes à zona de Espargos, onde um homem é acusado de abusar sexualmente de uma menina de sete anos e outro indivíduo de violar uma rapariga de 17 anos com problemas mentais, sendo um dos suspeitos de nacionalidade cabo-verdiana e outro guineense. Também na semana passada outro suspeito foi detido pela Polícia Judiciária com a mesma acusação, isto de acordo com a RCV.

Sabe-se que os suspeitos de nacionalidade cabo-verdiana e guineense foram apresentados ao Tribunal esta terça-feira e foi-lhes aplicado Termo de Identidade e Residência.

Estes casos farão parte da lista das preocupações do Governo que já iniciou um Plano Nacional de Combate à Violência e Abuso Sexual contra Crianças e Adolescentes com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef.

  1. AGoncalves

    Sinceramente quem precisa de TIR isto e na cabeca sao os proprios juizes, no dia em sofrerem o mesmo na pele ai concerteza tomarao a devida consciencia, ao que me perece sera um previlege ser bandido, assassino, corrupto, ladrao em CV. onde estao os tais defensores dos direitos Humanos, ou so servem para defender os ja mencionados, Povo de CV ja e hora de dar troco ha esses ,delinquentes

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.