Bolo de aniversário confeccionado com “padjinha” leva sete pessoas ao hospital

24/01/2017 09:01 - Modificado em 24/01/2017 09:01

Sete pessoas deram entrada no Hospital Agostinho Neto na Praia por terem ingerido um bolo de aniversário confeccionado com “padjinha”. A festa de aniversário ocorreu no sábado na zona de Ponta de Água. As autoridades estão a investigar o caso.

As informações ainda são escassas e não  conseguimos apurar o estado de saúde dos pacientes. A festa foi realizada na zona de Ponta de Água, na cidade da Praia, e teve de ser encerrada antes do previsto depois de sete pessoas terem sido levadas ao hospital após ingerirem um bolo feito com droga mais conhecida por “padjinha”.

O caso aconteceu no passado fim-de-semana e já está sob investigação da Polícia. Junto da Esquadra de São Filipe, ficámos a saber que apesar da situação, até ao momento ninguém terá sido detido.

Contactámos o médico de serviço, mas o mesmo alegou não ter autorização para informar sobre o caso. No entanto, remetemos um pedido de entrevista junto da secretaria do hospital, mas até ao momento, não obtivemos nenhuma resposta sobre o estado de saúde das vítimas.

  1. joao

    So para voz deixar saber mais uma vez que padjinha não é Droga!!! Droga é sim os medicamentos usados no HAN para amenizar o sofrimento dos doentes que dao entrada ali nesse Hospital!!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.