A Taça das surpresas: Académica, Batuque e Falcões fora da prova

23/01/2017 08:22 - Modificado em 23/01/2017 08:22

A primeira eliminatória da Taça de São Vicente aconteceu neste final de semana (sexta-feira a domingo) com a realização de sete jogos onde participaram catorze equipas (oito da primeira divisão e seis da segunda divisão).

A verdade é que a Taça deste ano viu logo na primeira eliminatória ficar pelo caminho equipas da primeira divisão como o Batuque, a Académica do Mindelo, o Falcões do Norte e o Farense.

A eliminatória arrancou na sexta-feira e logo com a queda da Académica, líder da primeira divisão, aos pés do Amarante da segunda divisão. O Amarante venceu por uma bola a zero, único golo do jogo apontado por Borracho. O segundo jogo da tarde opôs duas equipas da segunda divisão, o Corinthians e o Ponta d’Pom. O último classificado da segunda divisão, o Corinthians, não deu hipóteses ao quarto classificado, goleando-o por cinco bolas sem respostas.

A eliminatória prosseguiu no sábado e as surpresas continuaram. Desta vez com a eliminação do Batuque FC perante a formação do Calhau. A partida terminou empatada a uma bola nos noventa minutos regulamentares e, na conversão das grandes penalidades, a equipa do Calhau levou a melhor (5-4). A outra partida da tarde, opôs o Derby ao Castilho da segunda divisão. Uma partida em que os derbianos não deram hipóteses aos homens do Castilho, vencendo por expressivas seis bolas a duas.

No encerramento da eliminatória neste domingo houve mais três partidas. O primeiro jogo da tarde opôs duas formações da primeira divisão o Ribeira Bote e o Salamansa. O Salamansa, que é detentor do troféu que venceu na época transacta ao Mindelense, desta vez não teve discernimento para lutar pela revalidação do título. O jogo terminou empatado a zero bolas e, nas grandes penalidades, o Ribeira Bote venceu por quatro a dois.

Para quem pensou que as surpresas tinham terminado, eis que aparece o primeiro classificado da segunda liga, o São Pedro, a fazer mossa aos homens do Falcões do Norte e a ditar a eliminação. O jogo terminou empatado a uma bola e, na decisão por grandes penalidades, foi necessária a marcação de vinte e uma penalidades, para se encontrar o vencedor. A sorte caiu para o lado dos homens de São Pedro que converteram onze penalidades contra dez do Falcões.

O último jogo da primeira eliminatória opôs duas equipas da primeira divisão, o Mindelense finalista vencido da edição passada da Taça e o Farense de Fonte Filipe. O Mindelense conseguiu seguir em frente na Taça pela margem mínima, vencendo à tangente a formação do Farense por uma bola a zero.

Desta feita, seguem para a próxima eliminatória quatro equipas da segunda divisão e apenas duas da primeira divisão.

Apurados para a próxima fase: Amarante (2ª divisão), Corinthians (2ª divisão), Derby (1ª divisão), Calhau (2ª divisão), Ribeira Bote (1ª divisão), São Pedro (2ª divisão) e Mindelense (1ª divisão).

  1. João Basílio

    Três equipas da primeira divisão (Mindelense, derby e ribeira Bote) e três da segunda divisão (Amarante, Calhau e S. Pedro) e não quatro/duas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.