Vídeos pornográficos exploram falha do YouTube

17/01/2017 08:45 - Modificado em 17/01/2017 08:45
| Comentários fechados em Vídeos pornográficos exploram falha do YouTube

Apesar de serem proibidos pelas regras de utilização do YouTube, há vídeos pornográficos e conteúdos pirateados a serem carregados para o site da Google, sem que a empresa se aperceba da sua existência.

O YouTube tem vários controlos em ação para evitar que alguns tipos de conteúdos sejam partilhados nos seus servidores. Entre eles, encontram-se conteúdos violentos, filmes com direitos de autor cujo proprietário não tenha autorizado a sua divulgação ou conteúdo pornográfico, mas há utilizadores a dar a volta ao software de reconhecimento.

Guardando o vídeo sem o listar publicamente, os utilizadores conseguem embeber os vídeos noutros sites, mas tirar partido das receitas de publicidade do YouTube, sem ser detetado pelo software “Content ID”, revelou um site dedicado à partilha de conteúdos online.

Esta falha preocupa alguns produtores de conteúdos, já que estes vídeos não listados são mais difíceis de detetar e de remover, nos casos de utilização indevida de material com direitos de autor.

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.