Santo Antão: Trabalhos de recuperação dos caminhos vicinais em Pinhão já arrancaram

16/01/2017 08:02 - Modificado em 16/01/2017 08:02

O Presidente da Associação Local de Pinhão Leste, Jerónimo Piedade Gomes, congratula-se com o arranque das obras de recuperação nos caminhos vicinais de Pinhão, em princípios de Janeiro.

As obras começaram na zona de «as pedras» e, abordado pelo NN, o Presidente Local afirma que “há muito que a zona carecia de um trabalho de fundo. Os caminhos encontravam-se em péssimas condições há muito tempo”.

Jerónimo diz que as obras estão a cargo a 100 por cento da Câmara Municipal da Ribeira Grande mas com forte envolvimento da Associação para o Desenvolvimento da Costa Leste (ADCL). “O trabalho está enquadrado na plataforma da Câmara Municipal”, afiança ainda o Presidente da ADCL.

O Presidente da Associação Local e da ADCL vê com bons olhos a actuação da CMRG neste contexto dada a sua importância para a população e diz que “esperamos levar os trabalhos até à zona de Cidreira e, por isso, estamos a fazer pressão junto do Presidente da CMRG”.

Este ano, para além deste projecto que já está em andamento, o Presidente também espera “iniciar a recuperação das estradas, reatar a construção da placa desportiva, de habitações sociais, a construção de casas de banhos; são as nossas grandes preocupações para 2017”.

Jerónimo realça que para a concretização desses projectos, entregou um plano de intervenção ao Presidente “no sentido de dar razão aos nossos pedidos”. Pedidos estes que considera serem de extrema importância para a evolução da zona. “Creio que muitos deles vão ser concretizados ainda este ano”, reitera Jerónimo.

“Em finais de Novembro tive uma conversa aberta com o Presidente da Câmara e, como sempre, de forma humilde, mostrou-se aberto para, juntos, resolvermos estes problemas”, aponta Jerónimo.

As ambições do Presidente Local não ficam por aqui e espera levar as estradas não só até à zona de Monte Joana Leste, zona que faz a ligação com Pinhão, mas também até Cidreira (Pinhão de Cima).

Acerca da falta de energia eléctrica que assola a zona em geral, diz que “no dia 11 de Janeiro estive na Electra para fazer um «forcing» mas ainda estamos à espera, mas eu vou continuar a fazer o meu trabalho como Presidente”.

Alguns moradores da localidade mostram-se satisfeitos com a recuperação dos caminhos vicinais devido à sua grande importância para a localidade. No entanto, mostram-se indignados perante algumas situações constrangedoras na localidade como o problema da iluminação pública, o descaso do polivalente e a estrada para fazer a ligação com Pinhão de Cima que há muito, dizem, serem prometidas.

As opiniões são quase unânimes sobre os trabalhos realizados até ao momento para o desenvolvimento da localidade e dizem que são aquém das expectativas, mas esperam por melhorias em 2017. Pedem ao Presidente Local para continuar a fazer o seu esforço para a resolução dos problemas que assolam a comunidade de Pinhão.

  1. Ana Dias

    Kel le en ne Pnhon D’Boxe

  2. Mário Dias

    A minha terra merece, saudades de quem partiu.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.