Seleccionador Nacional faz balanço positivo dos sete treinos já realizados

14/01/2017 00:31 - Modificado em 14/01/2017 00:31
| Comentários fechados em Seleccionador Nacional faz balanço positivo dos sete treinos já realizados

A Selecção Nacional de Cabo Verde continua a preparar o jogo amigável com a Selecção de residentes de Marrocos, marcado para o dia 17 de Janeiro em Rabat e cumpriu, ao fim de três dias e meio, o seu sétimo treino.

Em declarações ao NN, o Seleccionador Nacional Lúcio Antunes realça que “a prestação é positiva após três dias e meio de treinos. Sete treinos e os jogadores já entenderam aquilo que a equipa técnica pretende e nós já sabemos aquilo que os jogadores podem dar no treino e no jogo, e a confiança neles é boa. Os jovens estão contentes com os novos hábitos de trabalhos e as novas formas de abordar o jogo. Está a ser um estágio muito agradável para a equipa técnica e, acredito que o está a ser também para os jogadores. Agora, é continuar a preparar o jogo de terça-feira em Rabat.

A Selecção Nacional vai realizar, esta sexta-feira, um jogo-treino com a equipa do Ribeira Bote, marcado para as 16 horas no Centro de Estágio da FCF. Acerca deste jogo-treino, o Seleccionador Nacional afirma que “achamos por bem fazer este jogo para dar aos jogadores mais competitividade e treinar algumas bolas paradas, de modo a estarmos em boas condições para o jogo de Marrocos. Somente através de jogos é que conseguiremos fazer a avaliação dos treinos. Nós queremos aplicar no jogo o que foi feito no treino. Este jogo é que nos vai dizer se o treino anda a correr bem ou não”.

O Seleccionador Nacional não tem dúvidas de que os jogadores residentes podem sonhar com uma chamada para a equipa principal. “O objectivo é dar melhor qualidade à Selecção principal. Se a qualidade está nesta selecção aqui, é claro que a vamos transferir sem nenhum problema para a Selecção principal”, concluiu Lúcio Antunes.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.