Mindelo: criação do prémio “Cidadão Atento” para estimular a cidadania

6/01/2017 07:54 - Modificado em 6/01/2017 07:54
| Comentários fechados em Mindelo: criação do prémio “Cidadão Atento” para estimular a cidadania

O Provedor do Mindelo anuncia hoje, sexta-feira, dia 06 de Janeiro, o vencedor da 1ª edição do Prémio “Cidadão Atento”, ao cidadão que mais colaborou com a página enviando mensagens, fotos, vídeos, emails, expondo e denunciando certas situações, que depois são encaminhadas para as instituições visadas.

No entanto, as mensagens são tantas que a administração da página é obrigada a filtrá-las e são essas, as filtradas, que são publicadas na página oficial do Provedor do Mindelo, juntamente com a imagem correspondente, seja ela foto ou vídeo.

Muitas pessoas colaboram frequentemente com a página enviando alertas de problemas das zonas, dos bairros da cidade e da ilha. Neste momento, estão identificados dois cidadãos que mais colaborações têm feito junto da página, seja com alertas seja com propostas e soluções aos problemas que são expostos, conta um dos responsáveis do projecto.

O Prémio tem como critérios de selecção a filtragem de todas as mensagens recebidas na página do Provedor nesse período e o seu grau de relevância, o seu conteúdo, uma vez que todos são importantes.

“Os que colaboram mais, são os que fazem a diferença. Estimula a participar mais, a trazer mais alertas com mais dinâmica e, assim, conseguem-se resolver as coisas pouco a pouco e ajuda-se a melhorar de forma gradual”, refere Deluca Leite, um dos responsáveis do Provedor do Mindelo.

O Prémio “Cidadão Atento 2017” faz referência ao ano de 2016 e é a primeira edição da iniciativa que pretende continuar a reconhecer as pessoas que se destacaram e que ainda se destacam em contribuir com a comunidade, enviado mensagens à administração da página da rede social Facebook, conforme explica um dos administradores da página. “Depois de recebermos uma mensagem ou um email do cidadão, temos o cuidado de preparar um texto de análise expondo a situação, anexando o alerta e enviando-o à entidade visada como forma de apelo para que resolva a situação”, explica Deluca Leite na nossa entrevista.

Quando o problema é resolvido, a página tem o cuidado de agradecer a empresa ou instituição que foi visada publicamente no mesmo local onde foi feito o alerta. Assembleia Municipal, quando necessário deslocar como representante do cidadão de forma a expor os problemas e levar ao debate.

O objectivo, conforme explica a nossa fonte, é estimular a cidadania, ou seja, o prémio surge justamente para mudar a perspectiva da sociedade sobre os problemas que a rodeiam, em vez de nos limitarmos a ser meros espectadores que participam na vida social, urbana, da sociedade. De acordo com a mesma fonte, a sociedade tem-se mantido inerte em relação aos problemas que fazem parte do seu dia-a-dia. “Queremos criar uma cultura, aqui em São Vicente, que vá para além do apontar. Não só apontar como também apresentar soluções, como no caso dos textos publicados na página do Facebook”.

O prémio “Cidadão Atento” é uma iniciativa entre o Provedor do Mindelo, a Unitel T+ e a OJFP – Indústria de Farinha de Peixe, reconhecendo a “pessoa que fez a diferença… que exerceu a sua cidadania, contribuindo para melhorar a cidade, o município e a ilha em si”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.