Comunidade de Santo Egídio inicia novo ano com um passo de paz

3/01/2017 09:02 - Modificado em 3/01/2017 09:02
| Comentários fechados em Comunidade de Santo Egídio inicia novo ano com um passo de paz

O Dia Mundial da Paz foi comemorado com uma marcha: “paz em todas as terras 2017”. Um evento realizado pela Comunidade de Santo Egídio para assinalar o 50º Dia Mundial da Paz. “A não-violência – um estilo de política para a Paz”, foi o tema de reflexão levado à sociedade praiense no primeiro dia do ano.

 

Para assinalar o 50º Dia Mundial da Paz, a Comunidade de Santo Egídio organizou uma marcha em favor da paz no mundo. O evento pela paz, subordinado ao tema: “A não-violência – um estilo de política para a Paz”, partiu da zona de Safende até à Praça Alexandre Albuquerque no Plateau.

Vários jovens deram corpo ao cordão marchante apelando à “paz em todas as terras 2017”. Os participantes levaram mensagens e realizaram manifestações culturais em prol da paz e da não-violência.

O evento contou com a presença em especial do padre italiano Ângelo Romano, responsável pelas relações da comunidade de Santo Egídio com Cabo Verde em Roma.

Defende Bernardino Gonçalves, responsável da Comunidade em Cabo Verde que “o nosso trabalho pela paz quer responder às expectativas e às esperanças de tantos homens, mulheres, crianças e idosos que sofrem a tragédia da guerra por causa dos demasiados conflitos ainda abertos ou que todavia sofrem muita, demasiada violência. É preciso trabalhar no estaleiro da paz: tantas guerras ainda estão abertas. Não servem só especialistas. Nós de Santo Egídio, desde os mais jovens, percebemos que a paz é o nosso estaleiro. E continuaremos teimosamente e apaixonadamente a trabalhar pela paz, onde quer que seja”.

“Este ano, 1 de Janeiro de 2017, encontramo-nos em muitos lugares para invocar a paz, inclusive na Praia. É a escolha para começar o novo ano com um passo de paz: é bonito, estamos juntos, unidos, apesar das distâncias geográficas… Queremos dar vida a um único grande evento que percorre o mundo, uma única grande invocação de paz, em diferentes línguas, mas com o mesmo espírito”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.