Presidente da UNTC-CS: não se vislumbram melhorias para os trabalhadores no próximo ano

3/01/2017 08:27 - Modificado em 3/01/2017 08:27
| Comentários fechados em Presidente da UNTC-CS: não se vislumbram melhorias para os trabalhadores no próximo ano

Novo ano, novas negociações, mas a Presidente da UNTC-CS não vislumbra muita melhoria para os trabalhadores cabo-verdianos no próximo ano. Chega até a referir que 2017 “será um ano de afronta para os trabalhadores cabo-verdianos”.

Esta afirmação é sustentada pela situação laboral do país. Além do problema do aumento salarial e da não redução das taxas fiscais, diz que agora, a onda de despedimentos não augura um ano fácil para os trabalhadores cabo-verdianos, chegando mesmo a usar a palavra afronta.

2016 terminou com algumas classes de trabalhadores, em particular a dos professores, que queriam manifestar para verem as suas reivindicações satisfeitas.  

Uma das sugestões que a central sindical quer trazer para a mesa de concertação é a negociação colectiva. Na sua óptica, a negociação colectiva faz com que os direitos dos trabalhadores sejam respeitados de modo que possam trabalhar para adquirir mais direitos, podendo assim, os sindicatos, angariar mais sócios.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.