UCS: “Despedimentos da Frescomar não estão relacionados com a prorrogação do acordo”

30/12/2016 16:01 - Modificado em 30/12/2016 16:01
| Comentários fechados em UCS: “Despedimentos da Frescomar não estão relacionados com a prorrogação do acordo”

O Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva,  pronunciou sobre a situação vivida na Frescomar, onde a empresa colocou trezentos e um trabalhadores em casa. Como faz entender situação em relação aos trabalhadores está relacionado com a prorrogação do acordo com a União Europeia para exportação.

“Penso que aquilo que a Frescomar fez em relação aos despedimentos, ou colocação de pessoas em casa, não tem fundamentação do nosso ponto de vista com relação entre a prorrogação e da forma como o Governo está a tratar a questão”.

Correia e Silva adiantam que o Governo tem feito um esforço para a resolução do problema. E adianta que o Governo herdou a questão e que procurou resolver a quando da sua visita a União Europeia.

“Em primeiro lugar quando regressei de Portugal disse publicamente que coloquei a questão da prorrogação ao presidente da Comissão Europeia, e houve uma receção muito positiva. Não é novidade que é uma questão de tempo e pensamos que a decisão será firme em relação a prorrogação”.

E assim Ulisses Correia e Silva mostra-se confiante na resolução do problema da empresa, se for apenas este o problema.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.