Calabaceira: Animais em decomposição incomodam moradores

28/12/2016 03:25 - Modificado em 28/12/2016 03:25
| Comentários fechados em Calabaceira: Animais em decomposição incomodam moradores

Três carcaças de animais mortos foram abandonadas na ribeira que une as zonas de Safende e de Calabaceira. O mau cheio dos animais já em estado de decomposição tem vindo a incomodar os moradores. Para complicar a situação, o vazamento do esgoto há mais de um mês ainda não foi reparado. Os entrevistados mostram-se preocupados, temendo os riscos que correm devido ao problema.

O vazamento do esgoto há mais de um mês incomoda os moradores de Calabaceira e de Safende. Para piorar a situação, pessoas ainda não identificadas abandonaram as carcaças de três animais mortos nessa ribeira. Segundo os entrevistados, as carcaças de um gato e de dois cães estão em avançado estado de decomposição e foram abandonadas por pessoas ainda não identificadas.

O cheiro nauseabundo tem complicado a vida dos moradores e das pessoas que por ali passam. Carlita Mendes teme pela sua saúde e a da filha. “Não consigo dormir no meu quarto porque o cheiro é insuportável mesmo com as janelas e portas fechadas. Sou obrigada a dormir na sala de visitas.

Indignada com a situação, Ludmila Carvalho avança que um dos animais foi morto por atropelamento. “O taxista que conduzia a viatura atropelou o cão e não prestou socorro tendo-o abandonado na estrada todo ensanguentado. Duas pessoas que passavam pela estrada pegaram no animal e deitaram-no na ribeira onde acabou por morrer”.

Autilo diz que muitas pessoas têm aproveitado a ribeira para fazerem da mesma um local para o descarte do lixo e de animais mortos. Preocupados com o risco de doenças e de danos à saúde pública, os moradores deitaram terra sobre um dos animais mas, mesmo assim, o mau cheiro permanece incomodando os residentes.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.