Mau estado do tempo continua a condicionar ligações aéreas no território nacional

28/12/2016 02:58 - Modificado em 28/12/2016 02:58
| Comentários fechados em Mau estado do tempo continua a condicionar ligações aéreas no território nacional

De acordo com a RCV, centenas de passageiros ficaram retidos na ilha do Sal de um voo da companhia Thomson, proveniente da Inglaterra, com destino à Boavista. Cerca de quatrocentos e quarenta e dois passageiros viram os seus planos alterados devido ao estado do tempo que não propicia nos últimos dias ligações aéreas entre as ilhas.

Além da Thomson, a Hi Fly de Amesterdão que chegou ao Sal também não conseguiu continuar para a Boavista e foi desviada para Las Palmas, no arquipélago das Canárias, tendo passado a noite ali, regressando de seguida para Cabo Verde, mas até agora, os passageiros estão na ilha do Sal, aguardando seguimento para a Ilha das Dunas. Pedro Brito da agência responsável pela cobertura das companhias diz que é um grande constrangimento e que, infelizmente, não se pode fazer muito, se não esperar que o tempo melhore. “São passageiros com férias marcadas para a Boavista e há passageiros com dois dias no Sal e outros com voos cancelados na Europa.

Do grupo pelo qual faz parte a referida agência estão retidos cerca de 552 passageiros.

A TAP, por sua vez, também não pode colocar na Boavista 293 passageiros com proveniência de Portugal dos quais 128 estão retidos no Sal e não pode ainda operar para São Vicente tendo desviado 148 passageiros nacionais para a ilha de Santiago.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.