Maio: Menor de 13 anos acusa o próprio pai de abuso sexual

22/12/2016 08:14 - Modificado em 22/12/2016 08:14
| Comentários fechados em Maio: Menor de 13 anos acusa o próprio pai de abuso sexual

Um indivíduo de 41 anos de idade, cujo nome não foi divulgado, está a ser acusado de ter abusado sexualmente da própria filha menor de 13 anos na ilha do Maio. Devido ao estado da vítima, a mesma deverá ser transferida para o Hospital Agostinho Neto na cidade da Praia. Quanto ao agressor, este permanece internado, pois apresenta transtornos mentais.

A vítima que acusa o pai de a ter violado sexualmente, deu entrada no Centro de Saúde com sintomas de aborto. O caso veio a ser descoberto no Centro de Saúde onde a menor confessou ter sido abusada pelo seu progenitor.

O caso que veio engrossar as listas de abuso sexual contra menores abalou, mais uma vez, a ilha do Maio. O homem indiciado foi conduzido ao hospital, isto por ter apresentado transtornos psicológicos.

Ouvida pela RCV, a Delegada deste Centro de Saúde, Eurídice Lima avança que o caso é bastante complexo e delicado. Devido à complexidade da situação e das limitações da ilha, a vítima deverá ser transferida para o Hospital Agostinho Neto onde vai receber acompanhamento médico e psicológico.

O suposto agressor deverá ser entregue às instâncias judiciais após a sua recuperação. Contudo, o caso já se encontra sob a alçada do Tribunal da Comarca do Maio.

Os casos de violação contra menores têm vindo a aumentar no país. Segundo os dados do Estudo Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, Cabo Verde regista um caso de agressão sexual contra menores por semana. A tendência de aumento vai  para as ilhas do Fogo, Santiago, São Vicente, Santo Antão e Sal.

Recorda-se que em Novembro último, o Tribunal da ilha do Maio decretou prisão preventiva a um professor da Escola Horace Silva acusado de agressão sexual contra uma aluna.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.