Chã Criquete: Moradores revoltados pedem que seja retirada antena da CVTelecom

14/12/2016 08:14 - Modificado em 14/12/2016 08:14

antena1De acordo com alguns cientistas, a exposição prolongada a campos electromagnéticos pode causar depressão psíquica ou até mesmo favorecer o surgimento de cancro porque o excesso de ondas electromagnéticas emitidas por equipamentos eléctricos e electrónicos produz um tipo de poluição imperceptível capaz de influenciar o comportamento celular do organismo humano, danificar aparelhos eléctricos e até desorientar o voo de algumas aves. Ninguém pode vê-la, mas a poluição electromagnética está espalhada por toda a parte, ocupando o espaço e atravessando qualquer tipo de matéria viva ou inorgânica.

Os moradores da zona de Chã Criquete encontram-se revoltados e pedem que seja retirada uma antena da casa de um dos vizinhos. A antena pertence à CVTelecom e encontra-se em casa de um dos vizinhos há mais ou menos 3 anos. Os moradores dizem terem feito um abaixo-assinado na altura que acabou por não resultar em nada.

Segundo um dos vizinhos, cujo anonimato respeitamos, ele já falou com o vizinho que tem a antena em casa e, sem sucesso, acabaram por discutir. Este acha que o aparelho é prejudicial e que não deveriam estar expostos às radiações que o aparelho emite, interferindo com a saúde das pessoas. Acrescenta ainda que “já fiz muitas pesquisas e em tudo o que já pesquisei encontrei que este aparelho é prejudicial à saúde e pode provocar até mesmo o cancro”.

“Antes de colocarem este aparelho na zona nunca tive dores de cabeça, mas também pode ser coisa da minha cabeça, mas que este aparelho é prejudicial à nossa saúde, isso é verdade, pois a exposição às radiações que este aparelho emite é muito forte, pode até provocar o cancro, entre outros problemas de saúde”, afirma Neusa Ramos.

Em relação à colocação do aparelho na casa do vizinho, Neusa Ramos afirma que “na altura que o nosso vizinho colocou o aparelho no terraço da sua casa ele não pediu nenhuma opinião aos outros vizinhos. E questiona: “Quer dizer: ele tem o aparelho na sua casa e todos os meses ganha o seu dinheiro que ronda os 30 ou os 40 mil escudos e os outros ficam prejudicados? Isto não está certo!”.

Isabel Balbina Lopes, outra moradora, disse que “na minha opinião este aparelho deveria ser retirado uma vez que dizem que é prejudicial à nossa saúde”.

Outros moradores que não se quiseram identificar encontram-se também revoltados com esta situação e pedem para que o aparelho seja retirado o mais rapidamente possível e colocado noutro lugar mais distante onde ninguém o consiga ver, por considerarem que a exposição a essas radiações trazem graves problemas para a saúde.

  1. cidadão

    caros amigos,
    São apenas opiniões, não nenhum estudo que comprova os fatos. ha sim que diz que ha radiações mas que sao toleraveis e que microndas e o proprio telemovel emite mais radiação do que a propria antena. mas vamos e venhamos queremos ter telemovel com interenet a funcionar e bem 24 h mas não queremos as antenas, expliquem como é possivel. admais mandam retirar para colocar noutro sitio que outro sitio? se faz mal a voçes pq querem que va fazer mal a outro? se e pejudicial ha de ser para todos ou as radiações não atacam os pobres? devia ser colocado num bairro mais pobre? ??????

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.