Pena de multa para condutor que acusou 2,39 ml de álcool no sangue

8/12/2016 08:46 - Modificado em 8/12/2016 08:46
| Comentários fechados em Pena de multa para condutor que acusou 2,39 ml de álcool no sangue

alcoolUm indivíduo de 34 anos que no passado domingo sob o efeito de bebida alcoólica se envolveu num acidente de viação em Tira Chapéu, Praia, foi condenado a uma pena de multa de noventa dias e a dois meses de inibição de condução.

O Tribunal da Comarca da Praia sentenciou esta quarta-feira a uma pena de multa, um indivíduo que conduziu sob o efeito do álcool. O arguido foi detido pela Polícia Nacional na zona de Tira Chapéu, na sequência de um acidente que envolveu o veículo que conduzia.

Uma vez submetido ao teste de alcoolemia, o aparelho acusou o infractor de estar com 2,39 ml de álcool no sangue. Questionado se sabia que conduzir sob o efeito de bebida alcoólica era punido pela lei, o mesmo mostrou ter conhecimento sobre a matéria.

Porém, o arguido assumiu a prática do crime e pediu uma pena leve, uma vez que é réu primário. No entender da Juíza, o arguido cometeu um crime de ilicitude elevada por estar a conduzir com uma alta taxa de álcool, colocando vidas humanas em risco.

Diante da situação, o Tribunal entendeu aplicar-lhe uma pena de multa de noventa dias e proibi-lo de conduzir durante dois meses.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.