Augusto Neves: “ se o governo não se preocupa com os alunos carenciados, a CMSV preocupa-se “

21/09/2012 07:13 - Modificado em 21/09/2012 10:11

A Câmara Municipal de São Vicente entregou 500 kits  escolares  aos alunos mais carenciados  de São Vicente. O presidente Augusto Neves  anunciou  que se o governo não apoia com propinas os alunos de São Vicente ,a edilidade vai continuar  dar esse apoio

 

O presidente da Câmara Municipal de São Vicente , Augusto Neves, procedeu , ontem, a entrega  de  500 Kits escolares para  os alunos mais carenciados de São Vicente . Neves considerou  que  existem poucos recursos , mas que  a Câmara Municipal  prefere deixar de fazer 200 metros de calçada para ajudar os alunos carenciados  “   è verdade que existem problemas  e não existem recursos financeiros , mas nós nos recusamos a sacrificar os mais carenciados ,por isso vamos continuar com o esforço para não cessar com essa ajuda”.Neves anunciou que  a CMSV vai continuar a apoiar com um subsidio para o pagamento de propinas  para  500 alunos “ sabemos que  quem deve se preocupar  com as propinas é  governo . Mas  se  o governo não se preocupa , a CMSV preocupa-se .Por que  vivemos junto com a  população  e sabemos das suas dificuldades e problemas”.

O presidente da CMSV defende o subsidio as propinas dos alunos carenciados do 12 º ano como forma  de  ajudar a manter os jovens na escola “ porque se não fizermos este esforço serão muito mais jovens nas esquinas  dos bairros , sem escola e desempregados”

 

 

  1. humberto cruz

    Essa atitude e medida merecem o meu aplauso.

  2. POLITICO FRACO

    esse gajo é mesmo fraco. acho louvavel esta iniciativa da camara mas… para que tal discurso? a ficase/governo não vai atribuir cerca de 40 mil kits? sr presidente ja ouviu falar em complementaridade? responsabilidades partilhada? ou acha o sr que o povo não fica saturada dessas vossas guerra, quando sem sentido como neste caso?

  3. luis moreira

    sim senhor bom exemplo de um presidente. jam fka contente ja t na tempo de para k certas leviandades e pensa na pobreza. tont dnher gastod na carnaval, festival t da pa diminui txeu pobreza.

  4. Menine de Soncente

    So palei Sr, Guste, um kre oia até onde kess corda ta bem estica

  5. euclides cardoso

    Percorrer os cafés do Mindelo ,mercados e bairros conduz a testemunhos unanimes contra o sistema de governo e o governo de JMN daí que, a questão é clara o povo quer a Regionalização . Não restam dúvidas. em todos os cantos de s.vicente a opinião é contra a Praia . no sentido de que Praia é o governo e este é mau para s.vicente . Uma sondagem nas ruas de : Lisbos ,matijim praia etc recolheria a opinião generalizada de gente farta. Farta de um governo ineficaz, clientalista e centralizado, sem auto estima e deprimido em que a vaidade e a falta de prifissionalismo é clara. Em s.vicente gostar de ser dependente da Praia( Governo de JMN) só o grupinho que beneficia com o sistema de governo , que ocupa cargos de confiança (muitas vezes sem a competencia para tal) como os que ja fizeram da politica profissão e não querem ir a vida . O lider do MPD é favoravel, o JMN num dos raros momentos lucidos dos seus estados , manifestou a favor (Seria prudente não soprarmos velas). Em cabo verde falta: comida ,emprego, saúde, politicos sérios ,funcionarios competentes, justiça social… Razões para a regionalização é que nunca . VAMOS A LUTA

  6. jota

    Por favor nao usem a pobreza para levarem avante a vossa ma politica!! Muito obrigado Sr. presidente pelos subsidios ecolares aos universidtarios, pelas propinas pagas aos alunos do E. secucundario, obrigado pelo transporte a alunos, mas, Sr. presidente, por favor, analise esta questao de fundo, pois, para nos universitarios o subsidio nao e suficiente, por favor arranje um meio de financiar pelo menos a totalidade da propina, pois, estudar e o unico meio possivel de lutar p 1 vida + digna.

  7. zecasantos

    Senhor Augusto, que o senhor, nao morre de amores pelo Governo de Cabo Verde, la isso sabemos. Agora, que tente, enganar os caoboverdeanos e tente dividi-los e muito feio, especialmente, com inverdades. Nao acredito que o senhor nao saiba, que a Ficase, e uma instituiçao, criada pelo governo, especialmente, para ajudar as crianças carenciadas, onde estao incluidas as de S. Vicente, e que vao receber os seus respectivos kits escolares. Haja vergonha, caracter!

  8. Criolo

    O texto foi elaborado por um jornalista. Pergunto ao comentador POLÍTICO FRACO se ele acha que as palavras do PCMSV foram integralmente respeitadas. Eu também acho que a questão das propinas, porque fixadas pelo Governo deveria ter um tratamento de forma a evitar esta intervenção da Câmara. Esta verba seria destinada ao BEM ESTAR DOS MUNÍCIPES. Aqui sim, uma vocação da Câmara. Mas o que é o bem estar ? DE acordo com a moderação na linguagem, a ser praticada por todos ( Câmara e Governo ) e a ta .

  9. G

    Isso é um discurso demagógico e idiota.
    Depois do ensino obrigatório, a responsbilidade primeira com a educação deve ser das famílias. A Câmara e o governo devem sim apoiar os que mais necessitam e, pareceme, que é o que têm feito, de acordo com as possibilidades do país e do município.
    Agora, não se pode é ter o discurso de que tudo nesste país é da responsbilidade do governo ou da Câmara. Onde está a responsabilidade dos país, que podem gastar menos no álccol, nas festas, e no consumismo

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.