PCA da ENAPOR defende construção de terminal de cruzeiros

7/12/2016 07:16 - Modificado em 7/12/2016 07:16

jorge-mauricioJorge Maurício, Presidente do Conselho de Administração da ENAPOR, acredita que a construção do Terminal de Cruzeiros no Porto do Mindelo poderá resultar num aumento de mais de 80% do número de escalas de navios de cruzeiro e passageiros recebidos em São Vicente. Apresentou dados que mostram que o porto do Mindelo tem recebido uma média anual de 45 a 50 escalas e cerca de 40 mil passageiros, sendo que no país inteiro a média é de 100 a 120 escalas e cerca de 80 a 90 mil passageiros, o que colocou já Cabo Verde no mapa dos países emergentes em matéria de turismo de cruzeiro.

 

Considerou que “se nós tomarmos uma decisão de investir em infra-estruturas adequadas, já em 2020 a previsão é para termos em São Vicente mais de 75 mil passageiros e, em 2030, mais de 200 mil passageiros, o que será muito importante para o desenvolvimento da economia, das ilhas e das regiões, e irá beneficiar a economia no seu todo em Cabo Verde”.

As obras para a construção do Terminal de Cruzeiros, cujo projecto foi publicamente apresentado no primeiro semestre deste ano, deverão arrancar em 2017.

Já temos os estudos concluídos. Estudo de mercado que nos dá uma indicação positiva e uma perspectiva de futuro também de sucesso. Já temos estudos dos impactes ambientais e não há quaisquer problemas neste sentido. Temos estudos de engenheira técnica da parte marítima e terrestre e isso facilita porque dentro de pouco tempo estaremos em condições de lançar os concursos e as obras”, disse Jorge Maurício

O Presidente do Conselho de Administração da Empresa Nacional de Administração dos Portos (Enapor), Jorge Maurício, defendeu estas ideais durante o VII Encontro Internacional de Turismo, a decorrer na Cidade da Praia sob o lema “Qualificar, sustentar, inovar e concretizar”.

  1. jose eduardo

    primere es tem quel limpa ques monnte de sujeira q tem nesse cidade e depos pensa na treminal

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.