Silmac: Trabalhadores apreensivos, direcção confiante

5/12/2016 08:37 - Modificado em 5/12/2016 08:37
| Comentários fechados em Silmac: Trabalhadores apreensivos, direcção confiante

SILMACUma nota chegada à redacção do NN dá conta do descontentamento e preocupação dos trabalhadores da Silmac em relação à empresa. As preocupações residem, principalmente, na nova directora da empresa, e pelo fato da Silmac ter perdido alguns postos, como aconteceu com o posto da ASA.

A acusação em relação à nova directora, como dizem os trabalhadores, é de gestão danosa porque, segundo os mesmos, foi negligente ao não enviar as candidaturas a tempo, o que provocou a desqualificação. E com a perda dos postos de trabalho, estão preocupados com o futuro da empresa e com o próprio trabalho. A falta de diálogo com os trabalhadores é uma outra acusação, o que deixa os trabalhadores a questionarem-se sobre o futuro.

Esta preocupação, segundo os trabalhadores, é aguçada pelo facto da empresa ter feito saber aos funcionários que os salários do mês de Novembro iriam sofrer um atraso, “devido à situação financeira da empresa”. Situação que se espera “resolver em breve”.

A directora da empresa, Vera Santos, refuta as críticas às quais ela e a empresa foram sujeitas. “Essa informação terá sido um engano. A directora geral da empresa aposta na comunicação interna e externa como principal instrumento de trabalho como tem sido evidenciado nos vários encontros promovidos pela Direcção-Geral a nível nacional, uma vez que a Silmac está presente em todas as ilhas”.

Em relação às preocupações dos trabalhadores, a directora diz que não há razão para tal. Isto porque “uma empresa líder do mercado, com uma notoriedade inquestionável, com estratégias de crescimento bem delineadas, não poderá causar qualquer tipo de preocupações”. E demonstra-se confiante no futuro da empresa.

Sobre os postos que a empresa perdeu, Vera Santos realça os postos ganhos pela empresa e “os desafios que vão superando para fazer com que a Silmac cresça”.

Outra reclamação dos trabalhadores é a distribuição do prémio de produtividade de 2015 aos trabalhadores a rondar os mil contos, decidido pela assembleia-geral da empresa. A directora afirma que o prémio vai ser pago ainda este ano.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.