Jornal A Semana fecha para reestruturação

5/12/2016 08:27 - Modificado em 5/12/2016 08:27

suspensoConselho da Administração Nova Editora, proprietária do jornal  A Semana, anunciou, hoje, a suspensão temporária do periódico.” A Direcção do A Semana lamenta informar os seus leitores, com destaque para os principais parceiros e o público em geral, que, por decisão do Conselho da Administração Nova Editora, o jornal vai estar suspenso a partir da próxima semana”, lê-se numa nota publica na edição online. Não se explica o que está na  origem da paragem  ou se já pagaram os salários em atraso aos trabalhadores. A nota que nos referir  diz que “Esta paragem, que se prevê por um período relativamente curto, é ditada pela necessidade urgente de se repensar e reestruturar a empresa”.

No inicio deste mês este online escrevia “Este online sabe que a administração do jornal optou pelo despedimento dos trabalhadores como forma de tentar viabilizar o jornal. De acordo com funcionários contactados por este jornal, que respeitamos o pedido de anonimato, a administração comunicou que vão ficar a trabalhar apenas oito jornalistas que deverão cobrir todas as ilhas. Os restantes serão despedidos e indemnizados no mês de Janeiro. 

O administrador, Álvaro Dantas contactado por este online limitou-se a dizer “Ca tem informação pa da”. No entanto, informações recolhidas pelo NN confirmam que os trabalhadores do jornal ASemana já estão há seis meses sem receber os salários e muitos acreditam que só “um milagre poderá salvar o jornal”.

Os trabalhadores, no intuito de pressionarem a administração a encontrar uma saída para o pagamento dos salários, escreveram uma carta e não trabalharam o que fez com que o periódico não saísse numa  semana. Todavia, tudo indica que até agora não foi encontrada uma solução. O NN sabe que um grupo angolano estaria interessado em comparar o título, mas não conseguimos apurar em que ponto estão as intenções.

Tudo indica que a solução encontrada foi a suspensão temporária. E os trabalhadores  como ficam?    

  1. Oi Na Melon

    A Semana deve ao Estado cerca de 200 mil contos em impostos que nunca zelaram em cobrar porque pertencia ao sistema. E como o sistema mudou, o que resta ao asemana é fechar as portas. Prontos, falei.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.