Sem água, sem energia, segurança, sem refeições

21/09/2012 07:05 - Modificado em 21/09/2012 10:58

Nesta quinta-feira alguns pais e encarregados de educação dirigiram-se a escola de Pedra Rolada, em São Vicente, para reclamar sobre as péssimas condições de ensino que aquela escola apresenta. O Delegado de Educação de São Vicente, Anildo Monteiro, prometeu resolver os problemas.

A falta de água e energia elétrica, o mau funcionamento da casa de banho  e falta de segurança, as turmas compostas  são algumas questões que Sandra Maria David Pinheiro, encarregada de educação, enumerou em declarações a RCV  . Disse que as crianças para fazer  necessidades fisiológicas têm que atravessar uma estrada   “ estão em perigo de serem atropeladas, violadas ou também apanharem qualquer infecção.”.Outro problema tem a ver com a refeição quente que não é servida todos os dias “ muitas crianças vêm sem comer, porque os pais confiam que há uma refeição quente e não há. Se for servida um  dia, passam dois  sem dar nada”. Em declarações  a RCV  delegado de educação de São Vicente ,Anildo Monteiro, começou por explicar que a questão das turmas compostas existe em todo o país “o problema de turmas compostas não é somente dessa escola ,mas acontece e verifica-se em todos os pontos do país”. Anildo Monteiro assumiu um compromisso com os pais e encarregados de educação, “ vamos ver o que podemos fazer em relação ao depósito para resolver o problema da falta água e de higiene” que os pais encarregados de educação reivindicam. Se o problema de água for resolvido obviamente que o problema de higiene estará resolvido. A escola do Ensino básico de Pedra Rolada é frequentada por cerca de 100 alunos distribuídos por 4 salas.

  1. Sandra

    Se a escola tem um gestor que é o DILAS, outra coisa não se pode esperar.
    Não sabemos porque será que o delegado de educação mantém um responsável da escola que é ladrão profissional? o que podemoe esperar da escola e dos meninos?
    mudem o gestor de pólo e as coisas tomarão outro rumo.

  2. SN

    Minha gente, só disparate de pessoas ignorantes a procura de não sei o quê.A refeição ainda nem sequer iniciou nas escolas. P a cantina funcionar é preciso ter água e os pais contribuirem. Pergunto: Será que os pais da localidade contribuem mensalmente? Pelo que sei não, e é uma dor de cabeça para o gestor conseguir adquir algo para q a cozinha funciona. Da Ficase as escolas só recebem alguns géneros como arroz, massa e óleo e a cantina tem de funcionar todos os dias. Como?? O Depósito não

  3. SN

    Na escola não tem um depósito e pelo que sei o gestor ta farto de carregar água da sua casa e na sua viatura para a escola. isto niguém reconhece. Entretanto a Sandra até o chama de ladrão. Esta há muito a espera que a delegação resolva o problema do depósito. O que fazer?? Turmas compostas minha gente?? Sempre existiu e vai continuar a existir,Existe por toda a Europa… Portugal, Espanha etc de acordo as regiões. Haja paciência…forti disparati…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.