FMI revê em baixa previsões de crescimento para Cabo Verde

1/12/2016 08:12 - Modificado em 1/12/2016 08:12
| Comentários fechados em FMI revê em baixa previsões de crescimento para Cabo Verde

fmiO Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê, em 2016, um crescimento de 3,2 % para Cabo Verde, sustentado pelo investimento directo estrangeiro (IDE), pela procura interna, agricultura e turismo, devendo beneficiar da ligeira retoma na Europa.

 

A previsão consta do relatório final da missão técnica que esteve em Cabo Verde em Outubro, aprovado a 18 de Novembro pelo Conselho de Administração do FMI e hoje divulgado.

Com a aprovação do relatório pelo Conselho de Administração, o FMI concluiu a avaliação deste ano da situação económica e financeira do país, no quadro do Artigo IV.

Com esta previsão, o FMI revê em baixa as previsões de crescimento apresentadas em Outubro no relatório sobre as Perspectivas Económicas Regionais para a África Subsaariana, que apontavam para um crescimento de 3,6% este ano e de 4% em 2017.

Para 2017, o FMI aponta agora um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 3,7%.

O relatório assinala, a nível interno, o início da recuperação da confiança dos consumidores e dos investidores e estima a manutenção da taxa de inflação.

Fonte LUSA

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.