Augusto Neves espera um Governo “sem djobi pa lado” e que olhe para São Vicente

28/11/2016 07:39 - Modificado em 28/11/2016 07:39

Augusto-NevesO Presidente da Câmara de São Vicente, Augusto Neves, apela ao Primeiro-ministro para o arranque urgente do  processo de descentralização da ilha e solicita uma “visão diferente”.

Augusto Neves quer “desatar e melhorar as condições” da ilha do Monte Cara e o Presidente da CMSV pede a colaboração do Governo e com urgência. Fora do ambiente da campanha eleitoral, o edil de São Vicente espera um Governo “sem djobi pa lado” e um executivo que olhe para a ilha. “Espero que o senhor Primeiro-ministro e o Governo tenham uma visão diferente para com esta ilha que tem uma história também bonita”, frisa Augusto Neves.

O Presidente da CMSV critica o Governo, uma vez que há algumas semanas esteve em  Cabo Verde uma delegação de parlamentares ingleses e lamenta que São Vicente “não tenha sido colocado” no programa da visita, ainda que a ilha, em “cada esquina” da cidade revele traços da permanência dos ingleses e da vivência dos sãovicentinos com os ingleses, lê-se na Inforpress.

Augusto Neves acrescenta que “este é o nosso país, obviamente que os sãovicentinos de forma alguma poderão ver isso com agrado, pois a participação da ilha no desenvolvimento do país tem sido importante”. O edil deseja que a sua ilha seja vista “com carinho, com amor”, pelo que irá continuar a lutar por um Cabo Verde melhor.

As críticas do edil ao Governo foram proferidas durante a comemoração do 25° aniversário do ISCEE, evento que contou também com a presença do Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva. Todavia, o governante de Cabo Verde passou ao lado das reivindicações do Presidente da CMSV, não se referindo às críticas e pedidos de Neves.

  1. S. Vicente

    Para o conhecimento do futebolista Fernando Mendes do Sporting Club de Portugal não é Augusto Neves quem faz as programações e marcações de visitas dos grupos parlamentares ou outros, isto faz-se a nivel dos serviços e direcções dos serviços. O telefone pessoal do Augusto é do Augusto, portanto pertence ao Augusto, Okay.

  2. Fernando Mendes

    Diz o S. Vicente que, o Augusto Neves, Presidente dum orgão do poder autarquico, tem um telefone que é da pessoa do Augusto Neves e, como tal pessoal. Quer confundir o S. Vicente que o nome e a coisa são diferentes… só não são diferentes por que recebe do orçamento Municipal de SV uma verba para alimentar esse telefone que é pessoal. Se os Municípes alimentam, com os seus impostos esse telefone, então é dele e da coisa!…enganou.se portanto, pois no desempenho deste cargo deve sim, podendo, atender o telefone do Municípe que fez o favor de o eleger.

  3. Lidia Benrós

    Quem quiser servir S.Vicente por favor ligue o telefone e atenda a população que diz representar. Atenda os investidores, trabalhadores desta ilha sofrida, agricultores, professores, milhares de pessoas com assuntos pendentes nesta Câmara que nunca mais tem resposta.

  4. djobè

    Nha guenty qui problema tenhi?
    Augusto mesmo fla qui cu Ulice no ta faze midjoro, e sem djobè pa lado.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.