morreu a enfermeira Zázá combatente da liberdade da Pátria

19/09/2012 17:02 - Modificado em 19/09/2012 17:03

Zázá,  foi pessoa que deixa saudade, bem como uma imagem de uma mulher combatente, destemida e jovial, sempre disponível para ajudar os outros num espírito de grande fraternidade e dedicação profissional.

 

 

Na madrugada de segunda feira, dia 17 de Setembro,  faleceu no Instituto Português de Oncologia em Lisboa, Portugal, a cidadã cabo-verdiana Rosária Maria Melo Spencer, Combatente da Liberdade da Pátria, após prolongada doença.

Rosária Maria de Melo Spencer, mais conhecida por Zázá Enfermeira, nasceu a 5 de Março de 1938 em Porto Novo – Santo Antão.

 

Ainda jovem, as circunstâncias difíceis da vida obrigaram-na a emigrar para o Senegal em busca de melhores condições.

Nota da associação dos combatentes da liberdade da pátria “ACOLP”, diz que foi em Dakar que, em 1963, entrou em contacto com a Direcção do PAICV, tendo decidido por aderir à luta armada de libertação nacional da Guiné Bissau e Cabo Verde.

Após algum tempo em Conakry, Zázá foi destacada para fazer uma formação em enfermagem na Ex-União Soviética.

No seu regresso, ela trabalhou no hospital de retaguarda do PAIGC, em Boké, cidade perto da fronteira com a Guiné-Bissau, onde atendia ao tratamento dos combatentes feridos na frente da luta armada.

Após a independência Zázá trabalhou, ainda, alguns anos no hospital de S. Vicente, antes de se reformar.

Rosária Maria de Melo Spencer – Zázá,  foi pessoas que deixa saudade, bem como uma imagem de uma mulher combatente, destemida e jovial, sempre disponível para ajudar os outros num espírito de grande fraternidade e dedicação profissional.

Soubemos que Rosária Maria Melo Spencer vai ser enterrada  em Portugal, às 14 horas do próximo sábado, no cemitério de Benfica.

À família, particularmente aos filhos e netos, bem como à associação dos combatentes da liberdade da pátria, ACOLP, as nossas sentidas condolências

 

  1. Sílvio Fonseca

    Os meus sentidos pesares a toda a familia enlutada, é sempre um orgulho ter como familiar, alguém tão especial como esta senhora que lutou para a libertação do nosso querido País.
    Que a terra lhe seja leve Dona Zázá

  2. Elsa Sousa

    É com imensa dor a perda da nossa querida Tia Zaza as nossas condulências a Di E Tei força porque a perda da mãe é uma dor ireparavél, força primos.

  3. flor, joao e suzy

    triste pela morte da tia que nos deixa saudades os nossos sentidos condolencias ao tey, adriana, tia eva e familiares

  4. Gianina S. Lopes

    Descansa em paz tia, força pá tude família.

  5. patricia

    Muito triste para nossa tia querida. Descansa em paz e minhas condolencias para toda a familia e muita forca bestå hora tao dificil, Bjs à todos.

  6. Omar, Menta e filhos

    Descansa em paz. Desejamos muita força e coragem para toda a familia em especial para Tey e Adriana.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.