UE considera Cabo Verde um país estratégico em questões de segurança

17/11/2016 08:43 - Modificado em 17/11/2016 08:43
| Comentários fechados em UE considera Cabo Verde um país estratégico em questões de segurança

segurancaOitava reunião Ministerial entre a União Europeia e Cabo Verde, no Mindelo sob o signo de reforço da cooperação a nível de segurança e disponibilidade em alargar a parceira especial a outras áreas.

 

A segurança foi o ponto central da reunião e do papel que Cabo Verde pode desempenhar a nível do combate ao tráfico e ao crime organizado, tendo Miroslav Laijcak, Ministro dos Negócios Estrangeiros manifestado a disponibilidade da União Europeia em fortalecer a sua parceria para que Cabo Verde possa combater essas situações.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares assegura que o encontro serviu para consolidar as relações de cooperação existente no quadro da parceria especial estabelecida desde 2007. E também para inventariar novas áreas de interesse.

“Iniciámos uma nova etapa neste relacionamento, queremos elevar o nível de cooperação entre a União Europeia e estabelecer relações em novas áreas”.

No âmbito desta parceria especial entre Cabo Verde e a UE, o governante destaca o papel de Cabo Verde no desempenho da questão da segurança do país e na Sub-região Africana, reforçando a ideia de que a União Europeia tem consciência disso, por isso, a sua disponibilidade no reforço de cooperação a nível de segurança.

E para tal mostrou-se disponível em ajudar o país na luta do narcotráfico e criminalidade organizada, bem contra todo o tipo de tráfico ilícito que existe na “nossa” sub-região Africana.

Por seu lado, o Presidente da Comissão Europeia e Ministro dos Negócios Estrangeiros da Eslováquia, Miroslav Laijcak também reconhece a importância de Cabo Verde na construção da democracia e paz em África e nas questões de segurança.

De acordo com o representante da União Europeia, esta é uma parceria muito especial e, a reunião, que demorou mais de duas horas, deu a oportunidade de fazer uma avaliação desta parceria e discutir novas áreas possíveis de actuação.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde diz ainda que a partir de Maio do próximo ano “estaremos a comemorar os dez anos desta parceria e a partir desta data, queremos ter incrementado ou pelo menos discutido uma nova etapa nesta parceria, elegendo novas áreas de cooperação e registamos com muito apreço a disponibilidade de aprofundar este assunto”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.