São Pedro Latada: Moradores do complexo Casa para Todos sem água e energia eléctrica

17/11/2016 08:37 - Modificado em 17/11/2016 08:37
| Comentários fechados em São Pedro Latada: Moradores do complexo Casa para Todos sem água e energia eléctrica

sem aguaA inexistência de iluminação pública e de água nas torneiras das casas dos moradores do Complexo Casa Para Todos em São Pedro Latada tem sido uma dor de cabeça para os residentes. Os moradores acusam a Electra de descaso, pois há mais de seis meses que estão sem iluminação pública e cerca de três meses sem água. Contudo, a Electra assegura que o abastecimento de água tem sido feito em menor quantidade, por causa de problemas técnicos. Quanto à falta de iluminação pública, a empresa esclarece que a situação se deve a um curto-circuito que acabou por queimar os candeeiros e já se encontram a envidar esforços para resolverem o problema.

 

Segundo os moradores, os problemas são do conhecimento da Electra mas a empresa nada tem feito para resolver a situação que persiste há algum tempo. A falta de iluminação pública tem sido uma grande dor de cabeça para os residentes que se dizem sentir inseguros, pois os assaltos a pessoas e a residências têm sido frequentes.

A irregularidade da água nas torneiras é um problema vivido frequentemente, isto segundo os entrevistados. Nos últimos vinte dias, os queixosos dizem não ter visto uma gota de água nas torneiras.

Os mesmos acusam a Electra de descaso e alegam altos preços nas facturas sem que tenham consumido. Diante da situação que os deixa descontentes, os moradores apelam pela resolução urgente dos problemas, uma vez que pagam mensalmente pelos serviços prestados.

Irene, uma das moradoras, diz não ter água em casa há vários dias, por isso, tem vindo a adquirir o bem através de vizinhos, mas eles também já estão apertados. “Estamos afrontados com bandidos porque não temos iluminação pública, apenas estão acesas algumas lâmpadas mas são muito fracas”.

Em declarações à RCV, a Electra garante que o abastecimento de água tem sido feito, “embora em menor quantidade nos últimos dois meses devido a problemas técnicos advenientes da sua localização face ao sistema de abastecimento”. A empresa garante estar a envidar esforços no sentido de aumentar o tempo de disponibilidade na rede permitindo assim o aumento de volume diário de água.

Quanto à iluminação pública, a Electra afirma que está a trabalhar para repor a electricidade nos postos de iluminação, pois o problema deve-se a um curto-circuito que queimou as lâmpadas.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.