Prevenção e combate ao abuso sexual: uma luta já engajada em Santo Antão

16/11/2016 08:25 - Modificado em 16/11/2016 08:25
| Comentários fechados em Prevenção e combate ao abuso sexual: uma luta já engajada em Santo Antão

violencia-sexual-infantilA Rede de Prevenção de Abuso Sexual de Menores de Santo Antão promove Workshop esta manhã às 9h no Santantão Art Resort no Porto Novo. É mais uma luta para reunir as instituições, famílias e a comunidade para a prevenção e combate ao abuso sexual de menores na ilha. Num momento em que a Ministra da Educação suspendeu o Director de uma escola em Santiago, devido a suspeita de assédio sexual a uma aluna o tema “acordou” com o apelo da sociedade para investigações em todo país.

 

“A iniciativa destina-se a professores, alunos das escolas secundárias, jornalistas, associações, confissões religiosas, organizações governamentais e não-governamentais da ilha de Santo Antão. Tem como principal objectivo promover a troca de experiências, tendo em vista a melhoria do envolvimento e articulação entre as instituições, famílias e os demais actores sociais na prevenção e combate ao abuso sexual de menores na ilha”, lê-se no comunicado.

Durante o workshop vários temas serão abordados entre os quais: “Evolução Antropológica do crime versus população”, “Direitos das Crianças – Convenção do Direito da Criança”, “Aspectos substantivos dos crimes de Abuso Sexual de Menores”, “Direito das vítimas versus Direito da Informação”, “O papel da igreja na prevenção do Abuso Sexual de Menores”, “O papel da Comunicação Social na prevenção do Abuso Sexual de Menores” e “Alcoolismo numa abordagem social e familiar com ênfase à publicidade nos media” sendo que os assuntos estão relacionados com o abuso sexual de menores e serão apresentados por profissionais de várias áreas, incluindo jornalistas, juízes, procuradores, psicólogos e professores, esclarece uma das mentoras e Técnica de Reinserção Social desta iniciativa.

A Rede de Prevenção do Abuso Sexual de Menores de Santo Antão está no terreno desde Janeiro de 2016 com o intuito de sensibilizar a sociedade e instituições locais sobre a importância da prevenção e combate ao abuso sexual de menores, sendo constituída por Tribunais, Procuradorias, Câmaras Municipais, ICCA, Cruz Vermelha, Delegações do Ministério da Educação e da Saúde, Polícia Nacional, entidades religiosas e rádios comunitárias.

O acto de abertura será presidido pelo Presidente da Câmara Municipal do Porto Novo e o encerramento pela Delegada do Ministério da Educação do Porto Novo. A actividade conta com o apoio das Câmaras Municipais do Paul, Ribeira Grande e Porto Novo e do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.