Maio: Prisão preventiva para professor acusado de abuso sexual sobre uma aluna

16/11/2016 08:16 - Modificado em 16/11/2016 08:16

prisao

O Tribunal da ilha do Maio decretou prisão preventiva a um professor da Escola Horace Silva acusado de agressão sexual contra uma aluna. O segundo suspeito saiu em liberdade sob Termo de Identidade e Residência enquanto a vítima foi conduzida ao ICCA na cidade da Praia onde esta sendo acompanhada por psicólogos.

 

Após o processo de investigação do caso de violação sexual contra uma aluna menor na ilha do Maio, dois suspeitos foram presentes ao Tribunal. Depois a suspensão do professor pelo Ministério da Educação e do primeiro interrogatório, o Juiz entendeu aplicar a medida mais gravosa ao professor da Escola Horace Silva.

O segundo suspeito foi colocado em liberdade e deve aguardar julgamento sob Termo de Identidade Residência.

Conforme noticiou a RCV, a vítima foi encaminhada para a cidade da Praia onde està sendo acompanhada pelo Instituto Cabo-verdiano de Menores.

O caso veio a tona através de uma denúncia feita pela mãe da menor directamente a Ministra de Educação, isto na sequência do lançamento do Livro “Grito no Silêncio – Pedófilia Abuso Sexual e Sociedade Cabo-verdiana” para acusar um professor escola secundária Horácio Silva de abusar sexualmente da sua filha menor. O caso remonta desde do ano passado.

A ministra da educação suspendeu o professor e mandou averiguar para saber se existem outros professores a serem responsabilizados.

Segundo os dados do Estudo Nacional de Enfrentamento da violência Sexual contra crianças e Adolescente, Cabo Verde regista um caso de agressão sexual contra menores por semana. A tendência de aumento vai  para as ilhas, do Fogo, Santiago e São Vicente, Santo Antão e Sal.

  1. josé augusto

    este caso está em segredo?.. porque não dizer o nome dos suspeitos… quem vai ler vai querer saber, já que é uma noticia…

  2. alice

    professor nao tem nome

  3. alice

    professor nao tem nome

  4. Deciane

    Acho que nós os alunos devemos ter mais informações. Não existe professor mais exemplar e amigo dos seus alunos que ele, está sempre ao nosso lado, aconselha-nos e agora acontece isso que de um momento para o outro destrói os seus sonhos, a sua vida. Por acaso, parou-se para perguntar como é a aluna? O que ela faz?
    Por ser menor não significa que seja inocente nos seus atos e que não sabe nada da vida.
    Pensem e procurem saber das coisas antes de apontarem o nosso professor o dedo!

  5. Rosa Semedo

    As noticias devem ser dadas o mesmo tratamento. Quem sao os suspeitos? É segredo? Ou estão a dar cobertura?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.