Doente mental agride jovem que veio a falecer e PN aguarda decisão do MP

15/11/2016 08:07 - Modificado em 15/11/2016 08:07
| Comentários fechados em Doente mental agride jovem que veio a falecer e PN aguarda decisão do MP

carro PNA Polícia Nacional (PN) de Santa Cruz, Santiago, aguarda decisão do Ministério Público sobre a captura do doente mental conhecido por Lúcio que no dia 06 de Novembro agrediu à pedrada um jovem de 26 anos que veio a falecer neste domingo, no Hospital Agostinho Neto (HAN).

 

Lúcio não tinha nenhuma passagem pela polícia sendo o primeiro caso registado de agressão por parte do doente mental, isto de acordo com uma fonte policial. Porém, com o falecimento de Danielson, a PN instaurou e encaminhou o processo para o Ministério Público, pelo que aguarda a decisão do mesmo sobre a captura do agressor. Este já esteve internado na ala de psiquiatria do Hospital Agostinho Neto. Contudo, o doente mental estava a realizar tratamento com o sistema ambulatório, sendo o paciente seguido em casa sem internamento.

A agressão esteve na base de um desentendimento entre o doente mental e Danielson Gomes, este foi atingido por uma pedra e sofreu um traumatismo craniano vindo a falecer no dia 13 de Novembro.

Até ao fecho desta edição contactámos a ala de psiquiatra do HAN mas sem sucesso visto que ninguém atendeu ao telefone.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.