Magistrado confirma ‘Mensalão’

19/09/2012 01:26 - Modificado em 19/09/2012 01:27
| Comentários fechados em Magistrado confirma ‘Mensalão’

O juiz de instrução do ‘Mensalão’, Joaquim Barbosa, considerou provada sem qualquer sombra de dúvida a principal acusação contra os arguidos do processo: suborno a deputados em troca de apoio político ao governo do ex-presidente Lula da Silva. Barbosa reiterou assim o desvio de milhões dos cofres públicos para comprar votos de deputados e garantir a aprovação no Congresso de medidas de interesse do executivo.

 

Neste primeiro dia de análise do quarto dos sete blocos em que o julgamento foi dividido, o da compra de votos, o magistrado debruçou-se apenas sobre os cinco arguidos do Partido Progressista (PP),incluindo o deputado Pedro Henry, e considerou-os todos culpados de corrupção passiva e lavagem de dinheiro,realçando que o partido era de oposição e passou a votar ao lado do governo.

Hoje, o juiz vai anunciar o seu voto sobre arguidos ligados ao Partido da República (PR), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e Partido do Movimento Democrático Brasileiro ( PMDB).

Só no final deste bloco o magistrado dará o voto mais esperado, ou seja, sobre os arguidos do Partido dosTrabalhadores (PT), como o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do partido,José Genoíno, e o ex-tesoureiro, Delúbio Soares, considerados, ao lado do já condenado Marcos Valério, oschefes do ‘Mensalão’.

 

 

 

 

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.