Ministra suspende direcção da Escola Cesaltina Ramos por tentar ocultar caso de assédio sexual onde o director é suspeito

14/11/2016 08:13 - Modificado em 14/11/2016 14:46

suspensoO Director da Escola Secundária Cesaltina Ramos está suspenso após uma denúncia de assédio a uma aluna: “há duas semanas que esta informação circula nos corredores da escola e os relatos dão conta que o director terá tentado “algo de sexual” com uma aluna do 9º ano de escolaridade dentro de uma das salas da Escola Secundária”, escreve o jornal ANação. Sabe-se ainda que os inspectores do Ministério da Educação (ME) reuniram dados que levaram à instauração de um processo.

O caso está a ser investigado e a Ministra da Educação Maritza Rosabal, confirma a suspensão do Director e dos membros da direcção da Escola Cesaltina Ramos, pois entende que “a actuação da direcção não foi a melhor neste caso, porque tentaram negociar com a família para que as coisas não fossem tratadas devidamente”.

 

 

 

 

  1. anonimo

    Quero utilizar este fórum para denunciar o caso de Liceu Amilcar Cabral – Santa Catarina , cujo atual direcção (inclusive diretor) estão constantemente a entra/sair com alunas da pensão Moranci em Assomada

  2. de barros

    Muito Bem senhora ministra… lugar de Bandidos é na cadeia não num estabelecimento de ensino… afastar todos até que o caso fique devidamente esclarecido.

  3. djosa

    Pena que na tratamento de dados ta confundido nomes de 3 Jose Maria de mesma escola i aparato a volta de inocentes nes caso. haja seriedade i verdade! sobretudo que haja sanidade mental i intelectual na abordagem relacional pa discerni fronteiras entre adultos i menores! bem-haja a nacao caboverdiana que tem esperanca na novas geracaoes!

  4. vergonha

    A direcção da Escola Jorge Barbosa do ano lectivo anterior juntamente com o presidente do conelho de disciplina deviam ser demitidos. porque ocultaram um caso de assedio sexual de um professor a uma aluna

  5. Carlos Rosa

    VERDADE, VERDADE DAS VERDADES.
    GANÂNCIA DO PODER!

    O Senhor José Maria está ser vitima do ex-diretor e sua Subdiretora Financeira Antonieta Tavares e alguns membros da ex-direção, com o apoio da Senhora Diretora de Recursos Humanos do ME, Senhora Alcídia (comadre da Antonieta), pois querem voltar ao trono da ESPCR para continuarem a efetuar os roubos que vinham fazendo durante o mandato findo. MANDE INVESTIGAR SENHORA MINISTRA!
    Escolheram, para o efeito, uma adolescente problemática e perigosa que tentou por duas ou mais vezes pôr fim à própria vida, vem sendo seguida por psicólogos e enfrenta ainda dificuldades de conviver com a mãe que, aparentando ter cerca de meio século de anos, anda namorando com rapazes que podem ser filhos dela. Que família!
    O Senhor José Maria é homem de família que anda sempre com a mulher e os filhos e apresenta-os a todos. Trata-se de uma pessoa honesta, grande professor de Matemática e que não perdia oportunidade de passar-nos a moral e os valores que ele defendia. Para além de muito bom tecnicamente e pedagogicamente, transmitia os conhecimentos com um grande censo de humor que lhe era peculiar. MANDE INVSTIGAR SENHORA MINISTRA!
    Porquê senhora Ministra? Não devia, antes de ir para a comunicação social, procurar saber de quem se tratava? Aliás fico sem entender porquê que a senhora trata desta forma, uma pessoa por si escolhida, pra dirigir uma importante escola do País. A senhora pensou nas consequências que isso tem na vida dos filhos do senhor diretor? Não se esqueça que é ministra da família e acredito que essa sua atitude cria, de certeza, problemas nessa família. NÃO PENSOU NISSO?
    Será que é porque não quer perder o cargo de ministra, que obedeceu as ordens do Senhor MNE (que é muito mais forte que si no partido) e que, por sinal, é parente da aluna em questão? Isto é desonestidade!
    Devia repensar a sua atitude e voltar atrás, pedindo desculpas ao professor visado e à sua família.

  6. atento

    o problema nao esta na pessoa cujo carater e competencia sao inegaveis, tal como os outros que la trabalham i tem o mesmo nome, ao contrario do que atira por ai no escuro para acertar ate em quem nao e pai de familia. esperemos para ver tudo e espero que a verdade surja no meio de muitas duvidas e precipitacoes. bem-haja a escola secundaria cesaltina ramos, que ja deu e dara provas de credito institucional.

  7. Conrado Tavares

    VERDADE, VERDADE DAS VERDADES.
    GANÂNCIA DO PODER!

    O Senhor José Maria está ser vitima do ex-diretor e sua Subdiretora Financeira Antonieta Tavares e alguns membros da ex-direção, com o apoio da Senhora Diretora de Recursos Humanos do ME, Senhora Alcídia (comadre da Antonieta), pois querem voltar ao trono da ESPCR para continuarem a efetuar os roubos que vinham fazendo durante o mandato findo. MANDE INVESTIGAR SENHORA MINISTRA!
    Escolheram, para o efeito, uma adolescente problemática e perigosa que tentou por duas ou mais vezes pôr fim à própria vida, vem sendo seguida por psicólogos e enfrenta ainda dificuldades de conviver com a mãe que, aparentando ter cerca de meio século de anos, anda namorando com rapazes que podem ser filhos dela. Que família!
    O Senhor José Maria é homem de família que anda sempre com a mulher e os filhos e apresenta-os a todos. Trata-se de uma pessoa honesta, grande professor de Matemática e que não perdia oportunidade de passar-nos a moral e os valores que ele defendia. Para além de muito bom tecnicamente e pedagogicamente, transmitia os conhecimentos com um grande censo de humor que lhe era peculiar. MANDE INVSTIGAR SENHORA MINISTRA!
    Porquê senhora Ministra? Não devia, antes de ir para a comunicação social, procurar saber de quem se tratava? Aliás fico sem entender porquê que a senhora trata desta forma, uma pessoa por si escolhida, pra dirigir uma importante escola do País. A senhora pensou nas consequências que isso tem na vida dos filhos do senhor diretor? Não se esqueça que é ministra da família e acredito que essa sua atitude cria, de certeza, problemas nessa família. NÃO PENSOU NISSO?
    Será que é porque não quer perder o cargo de ministra, que obedeceu as ordens do Senhor MNE (que é muito mais forte que si no partido) e que, por sinal, é parente da aluna em questão? Isto é desonestidade!
    Devia repensar a sua atitude e voltar atrás, pedindo desculpas ao professor visado e à sua família.

  8. Sergio Lima

    Sr Carlos Rosa tem toda a razão.
    A ministra devia delegar esta tarefa a Inspeção, e só no final tomar a decisão apropriada.
    Esta ministra toma decisões na base da emoção.

  9. anonimo

    Caro Carlos Rosa,

    até que prove o contrario, o senhor Jose é inocente, mas onde há fumaça há lume, então cabi a senhora ministra tomaram as devidas providencia. Ela está agindo direito.Agora eu ti respondondo quem deve pesar na familia do senhor Jose é ele não a senhora Ministra, porque é precisamente pesando na Familia que ela ministra tomou essa medidas.

  10. Papagaio

    Gostaria de mais esclarecimento sobre este caso do Liceu Amilcar Cabral.

  11. Robin

    Não acredito em nenhuma palavra desta notícia. O Sr. José Maria, director da escola, é uma pessoa de carácter, uma pessoa de bem e jamais faria aquilo de que o acusam. Só pode ser uma armadilha montada por alguém. A verdade virá ao de cima. Espero que a Sra. Ministra da Educação saiba conduzir este caso pois está em jogo o bom nome de um pai de família.

  12. Pensador

    No Liceu Amilcar Cabral, fala-se em muitas barbaridades, agora, que as alunas sao recrutadas para discotecas nao sabia. É que dá essas apostas nas pessoas mediocres e sem escrupulos.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.