A equipe médica derrubou a porta desesperadamente. Eles ficaram em choque ao ver o esqueleto no chão

7/11/2016 08:55 - Modificado em 7/11/2016 08:55
| Comentários fechados em A equipe médica derrubou a porta desesperadamente. Eles ficaram em choque ao ver o esqueleto no chão

magra2Atualmente, existem muitas pessoas lutando para perder ou ganhar peso. Algumas delas fazem isso por motivos de saúde e estética. Mas outras estão sofrendo com distúrbios alimentares, que têm consequências muito graves. E esta jovem de quem vamos falar é um exemplo disso.

Hannah Koestler tem 22 anos e lutou contra a anorexia durante muito tempo… Ela quase morreu de fome. A sua mente lhe mandava parar de comer, e ela não o podia evitar.

A jovem associou o início da sua doença à sua família em constante movimento. Ela nunca ficava num lugar tempo suficiente para fazer amigos, e começou a se sentir solitária, ansiando por uma sensação de estabilidade.

Ela nasceu na Austrália, mas viveu em muitos países ao redor do mundo, incluindo China, Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão. A garota acredita que foi essa vida de viajante que desencadeou a doença.

Como não tinha amizades duradouras, e estava constantemente em ambientes desconhecidos, controlar o que comia a ajudou a se sentir mais estável. Inicialmente, ela parou apenas de comer fast food. Mas, com o tempo, as suas regras se tornaram cada vez mais rígidas, e passou a proibir quase todos os alimentos.

Hannah perdeu muitos quilos rapidamente, mas nunca ficava satisfeita com os resultados. Ela parou de comer todos os tipos de gorduras e hidratos de carbono. A única coisa que comia era tofu e legumes. Quando tinha 17 anos, a jovem media 1,80 metros e pesava apenas 52 quilos. Finalmente, seus pais a levaram ao médico.

A única sugestão que o profissional de saúde lhes deu foi comer com mais frequência, e que os pais permanecessem com a filha enquanto ela comia. Mas isso não ajudou em tudo, pois Hannah estava zangada por ser forçada a comer coisas que não estavam incluídas na “lista” de alimentos permitidos.

Apesar dos obstáculos, a garota ganhou algum peso e se formou. Seus pais estavam muito satisfeitos com o seu progresso, e convenceram-se de que ela estava preparada para viver sozinha na Austrália. Parecia ser uma pessoa “normal” novamente.

magraO avô de Hannah vivia nas proximidades, e se ofereceu para olhar pela neta enquanto seus pais estavam no Japão. Mas assim eles foram, a menina começou a limitar sua dieta novamente, mas desta vez foi pior… Ela só consumia três biscoitos de arroz e bebia um copo de água por dia.

“Eu estava tão ruim que me pesava 10 vezes por dia”, disse Hannah. Seu peso caiu para os 27 quilos, e apenas conseguia vestir roupas infantis.

Quando seu avô perdeu contato com a neta por alguns dias e ela não abriu a porta, o idoso chamou uma ambulância. A equipe médica quebrou a porta e encontrou a jovem no chão. Eles não podiam acreditar que aquele esqueleto na frente deles ainda estava vivo…

A próxima coisa que Hannah se recorda é a cama de hospital, onde foi alimentada através de um tubo nasal. “Os médicos me disseram que eu poderia ter morrido se me tivessem encontrado alguns dias depois”, conta.

Passaram-se cinco meses antes que ela pudesse receber alta do hospital. Em seguida, ela se mudou para uma clínica diurna, para tratamento intensivo. Ela teve que aprender a ter uma relação completamente diferente com a comida. Ele esteve na clínica por 10 meses.

Hannah trabalha lentamente para comer bem novamente com a ajuda de uma terapia comportamental. Seu peso está de volta para um nível “normal”, e ela começou a desfrutar da comida novamente. Mas a sua luta contra a anorexia está longe de terminar.

A jovem sabe que ele tem um longo caminho pela frente, mas está grata pelo apoio que recebeu de seus seguidores, e já não se sente sozinha em sua viagem.

Agora Hannah está estudando na Inglaterra, onde ela se juntou à equipe de remo. Felizmente, está em uma boa forma e ainda continua a ganhar peso. É uma menina maravilhosa e parece ter um futuro brilhante.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.