Correios de Cabo Verde lançam prémio de Empreendedorismo em E-commerce

3/11/2016 08:20 - Modificado em 3/11/2016 08:20
| Comentários fechados em Correios de Cabo Verde lançam prémio de Empreendedorismo em E-commerce

correios“Empreender Agora-E-Commerce”, é o mais recente concurso dos Correios de Cabo Verde direccionado a detentores de uma actividade de venda de bens à distância já implementada e com o máximo de 1 (um) ano de existência ou de ideias de negócio na mesma área com viabilidade e potencial de crescimento. O prazo para a apresentação das candidaturas decorre de 1 a 30 de Novembro de 2016 e as mesmas deverão ser remetidas por via electrónica, para o correio electrónico ideias@correios.cv ou entregues na sede da Empresa sita no Plateau.

 

No âmbito do processo de reposicionamento dos negócios, os Correios de Cabo Verde elegeram a área do comércio electrónico como um dos pilares de desenvolvimento da sua nova estratégia, visando o aumento do tráfego e o processamento de objectos nas suas diferentes vertentes: consumo doméstico, importação e exportação.

Neste sentido, têm em curso um conjunto variado de acções que incluem a criação de serviços facilitadores na vertente importação e exportação, a criação de tarifários específicos para o segmento, serviços de intermediação alfandegária, entre outros.

Em parceria com a ADEI, os Correios propõe-se de instituir um prémio anual de empreendedorismo na área do e-commerce cujo objectivo é fomentar o surgimento no seio da comunidade empreendedora nacional de projectos e novos negócios nesta área.

“Empreender Agora-E-Commerce”, é um concurso direccionado a detentores de uma actividade de venda de bens à distância já implementados e com o máximo de 1 (um) ano de existência ou de ideias de negócio na mesma área com viabilidade e potencial de crescimento.

Conforme nota enviada, “o e-commerce é um negócio global avaliado em 2 triliões de euros. Cresce globalmente acima dos 20% por ano, fortemente impactado pelo crescimento da Ásia Pacífico que observa taxas de crescimento anuais superiores a 40%. China, EUA e Reino Unido são os países mais populares do comércio electrónico B2C a nível mundial, representando mais de 60%”.

Em Cabo Verde, embora os dados sejam ainda escassos, informações referentes a 2015 dão conta de um total de pagamentos online superior a 1 milhão de euros e em termos de tráfego postal, o e-commerce de importação já representa 30% do total dos objectos processados e 50% do total de tráfego inbound, num total de aproximadamente de 100 mil objectos registados entre Janeiro e Setembro de 2016.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.