País vai receber 300 mil imigrantes por ano para lutar contra envelhecimento da população

2/11/2016 08:49 - Modificado em 2/11/2016 08:49
Canadian Prime Minister Justin Trudeau speaks during a media conference at the conclusion of an EU-Canada summit at the European Council building in Brussels, Sunday, Oct. 30, 2016. Canadian and EU officials, in a one-day summit, signed the Comprehensive Economic and Trade Agreement (CETA). (AP Photo/Olivier Matthys) Belgium Europe Canada Trade

Canadian Prime Minister Justin Trudeau speaks during a media conference at the conclusion of an EU-Canada summit at the European Council building in Brussels, Sunday, Oct. 30, 2016. Canadian and EU officials, in a one-day summit, signed the Comprehensive Economic and Trade Agreement (CETA). (AP Photo/Olivier Matthys) Belgium Europe Canada Trade

O Canadá vai receber, a partir do próximo ano, um mínimo de 300 mil imigrantes por ano. De acordo com o ministro da Imigração, John McCallum, a ação ajudará a diminuir a pressão económica provocada pelo envelhecimento da população.

Se o plano do governo de Justin Trudeau for mantido, o Canadá irá triplicar a sua população no final do.

«O que estamos a anunciar é que em 2017 fixaremos o número de 300 mil como permanente, e que se tornará a base do crescimento futuro da imigração», disse McCallum.

Mais da metade dos recém-chegados serão pessoas que procuram emprego e investidores, depois conjuges, filhos ou pais de cidadãos naturalizados e por fim refugiados – este número aumentou muito este ano divido à situação na Síria.

 

abola.pt

  1. alberto tavares

    Eis uma terra de futuro para os emigrantes que pàram em Cabo Verde. Nôs nada temos para dar a essa gente que, infelizmente, empatam-nos. Porque é que o aiotola Fernandes, defensor deles, não pede ao Primeiro Ministro Troudeau para lhe facultar barcos para transportar essa gente toda? Isso arranjaria quase toda a gente. Digo quase porque a maior parte deles não querem trabalhar realmente. Deambular pelas ruas com relôgios, ôculos e “etc.” é menos cansativo.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.