DGSPRS instaura inquérito sobre fuga do recluso da Cadeia da Ribeirinha

2/11/2016 08:29 - Modificado em 2/11/2016 08:29
| Comentários fechados em DGSPRS instaura inquérito sobre fuga do recluso da Cadeia da Ribeirinha

cadeia-01Após a captura do recluso Kelvin Gil que fugiu da Cadeia da Ribeirinha em São Vicente, a Direcção-Geral dos Serviços Prisionais e da Reinserção Social (DGSPRS) assegura que está a decorrer um inquérito para averiguar as circunstâncias da fuga.

 

O recluso Kevin Gil que cumpre pena por assalto a residências e a pessoas, saltou numa das paredes do presídio, em circunstâncias ainda não esclarecidas, e conseguiu escapar da Cadeia da Ribeirinha. Desta forma, a DGSPRS instaurou um inquérito para desvendar como conseguiu o recluso escapar da cadeia em plena luz do dia e apesar da eficácia da reacção. Notícias sobre a fuga surgiram rapidamente nas redes sociais e alguns internautas dizem que acham estranho que a fuga só tenha acontecido agora, uma vez que se nota que não há muita segurança na Cadeia da Ribeirinha, isto devido aos muros baixos e só com vidros pontiagudos inseridos neles. Anair, por sua vez, questiona “como é possível um preso fugir de uma cadeia considerada como a mais segura do país?” e muitos ficaram incrédulos com a fuga de um recluso.

O NN sabe que as autoridades fizeram várias buscas, inclusive percorreram a zona da praia de Jon D`Ebra, atrás da localidade de Ribeirinha. Porém, o fugitivo foi capturado no mesmo dia da fuga, sábado, pelas 22h46mn na zona de Canalona e a DGSPRS assegura que a captura ocorreu sem sobressaltos, tendo o presidiário sido reencaminhado novamente para a cadeia.

“Esclarece-se que a situação foi imediatamente controlada na sequência da rápida articulação entre a DGSPRS, a Cadeia Central de São Vicente, a Polícia Judiciária e a Polícia Nacional”, diz a Direcção-Geral dos Serviços Prisionais e da Reinserção Social em comunicado.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.