“Ramed de Terra” o reverso da medalha: Não há provas que a babosa cura o câncer

27/10/2016 08:07 - Modificado em 27/10/2016 08:07
| Comentários fechados em “Ramed de Terra” o reverso da medalha: Não há provas que a babosa cura o câncer

babosaMuitas pessoas, em todo o mundo, utilizam produtos naturais com a certeza que podem curar várias doenças, nomeadamente, o cancro. Contudo, a maioria dos cientistas critica a medicina alternativa por prescrever tratamentos sem comprovação científica. Afirmam que a maioria das substâncias usadas na chamada medicina tradicional não tem a comprovação científica sobre os seus efeitos terapêuticos. Pesem estas certezas, existem milhares de testemunhos de pessoas em todo o mundo que garantem que foram curadas com as tais substâncias que não têm a comprovação científica.

 

É o caso de Maria Fernanda que contou ao NN como sobreviveu ao aparecimento de um tumor maligno localizado no útero com 27mm e outro de características desconhecidas no colo uterino recorrendo ao “ramed de terra”.

“Quando os médicos me diagnosticaram um cancro no útero e a minha médica me disse que eu tinha de ser operada de urgência, a minha reacção no momento foi de pânico e de medo”, afirma. Mas, nha Bia optou pelo tratamento alternativo, pelo “ramed de terra”.

“Comecei a fazer os meus medicamentos com a “babosa”, em forma de xarope e pílulas. No início tomava cerca de 15 pílulas de babosa por dia, juntamente com seis litros de chá da planta conhecida como “Quebra Pedra” e com o passar dos dias ia aumentando essa dose”. Garante que tomou esses medicamentos naturais durante seis meses e que “durante esse tempo tomei apenas os meus remédios naturais e não sinto nada. Nunca mais fui a nenhuma consulta. Garanto que me sinto muito bem”.

A Dr.ª Alicia Wahnon, médica de clínica geral, disse ao NN que não acredita na cura do cancro utilizando a “babosa”, “pois não está provado cientificamente que esta planta cure o cancro”. No seu entender, “externamente o uso da “babosa” tem sido usado nalgumas situações por várias pessoas. Muitas vezes associada com medicamentos químicos mas, contudo, há que ter estudos, investigação laboratorial, científica para separar o trigo do joio”. Adianta que apesar da babosa ser bastante usada para muitas e diversas patologias, não está provada cientificamente a sua eficácia na cura do cancro”.

A médica alerta as pessoas para o uso dos chamados remédios naturais. “A maioria das indicações para o uso desta planta, são feitas pelos vendedores que geralmente têm lojas de produtos naturais ou sites para promoverem esses produtos, não ajudam na cura e, a longo prazo, prejudicam”.

 

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.