Michael Bublé tornou-se cantor por “ser afrodisíaco”

24/10/2016 08:15 - Modificado em 24/10/2016 08:15
| Comentários fechados em Michael Bublé tornou-se cantor por “ser afrodisíaco”

bubleO cantor Michael Bublé confessou que entrou para o mundo da música com o objetivo de conquistar a atenção do sexo oposto e porque considerava que a fama era um “afrodisíaco”.

Hoje é casado e pai de família, mas a verdade é que quando Michael Bublé entrou para a indústria musical era um adolescente com outros objetivos. “Tinha 13 anos e pensava para comigo: ‘Wow, deve ser afrodisíaco tornar-me famoso e ter uma rapariga que finalmente me beijasse”, revelou no programa da TV irlandesa “The Late Night Show”.

O artista, de 41 anos, afirmou ainda que “os seres humanos”, principalmente os homens, “querem ter uma carreira profissional” que consiga torná-los “mais atraentes para o mesmo sexo e para o sexo oposto”. “Os seres humanos gostam de sexo”, acrescentou.

Bublé também falou sobre o facto de por vezes pedirem que não fale da sua mulher, Luisana Lopilato, com quem tem dois filhos, Noah, três anos, e Elias, oito meses, durante as entrevistas para não correr o risco de perder fãs. Mas o artista realçou que, a seu ver, os fãs podem perfeitamente suportar o facto de ser casado. “Acho que a determinada altura crescemos, amadurecemos e as minhas viagens pelo mundo têm-me dado uma perspetiva mais positiva sobre este assunto”.

jn.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.