Morte de criança: Moradores de Achada São Filipe exigem segurança dos tanques de água

24/10/2016 07:47 - Modificado em 24/10/2016 07:47
| Comentários fechados em Morte de criança: Moradores de Achada São Filipe exigem segurança dos tanques de água

fogosfilipeMorte de criança de dois anos leva moradores de Achada São Filipe a clamarem por maior segurança dos tanques da zona. Tudo terá acontecido no sábado quando a vítima se dirigiu ao tanque juntamente com uma outra criança. Indignados com a situação, os entrevistados acreditam que apesar do descuido dos encarregados de educação, a criança não teria morrido se os tanques estivessem tapados.

O caso do menino de dois anos que morreu afogado após ter caído num tanque de água na zona de Achada são Filipe, chamou a atenção dos moradores que se dizem chocados com o sucedido.

Gerson de apenas dois anos terá saído de casa para brincar na rua e resolveu dirigir-se ao tanque onde caiu e perdeu a vida. As informações sobre este caso ainda são escassas, mas os familiares mais próximos afirmam que a vítima não tinha o hábito de se afastar de casa, por isso, estão surpresos como tudo terá acontecido.

O corpo da criança foi removido pelo Corpo dos Bombeiros por volta da 11 horas e 30 minutos. A morte da criança veio trazer outras preocupações aos moradores que não se conformam com a situação.

Arlinda Moreno diz que a falta de protecção dos tanques de água resulta num perigo para toda a sociedade, sobretudo, para os inocentes. Entristecida com o sucedido, acrescenta que o caso poderia ter tido um desfecho diferente caso o tanque estivesse tapado.

Para Célsia, “os acidentes que envolvem crianças podem ser evitados com boa dose de atenção e cuidado”.

“É lamentável o que aconteceu. Nós temos de pensar nas nossas crianças; é urgente tomar medidas para pôr cobro às situações do tipo. Se tivessem mais cuidado, a criança não estaria morta”, desabafa Elisa Cruz entristecida com o sucedido.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.