Boavista sem exames de carta de condução

24/10/2016 07:24 - Modificado em 24/10/2016 07:24
| Comentários fechados em Boavista sem exames de carta de condução

carta conduçãoDe acordo com uma carta chegada à nossa redacção, os alunos das escolas de condução da ilha da Boavista estão indignados pela falta de exames, aliada à “falta de comunicação por parte dos responsáveis dos serviços de viação da ilha”. Como descrito na carta , o último exame realizado na ilha foi no mês de Julho e ainda não há uma data para o próximo exame. Os exames teóricos e práticos estavam previstos para o dia 19 de Outubro, “mas não foi possível” realizá-los, devido à falta de examinador. 

O exame teórico e de prática de condução deveria ser realizado no passado dia 12 de Outubro, mas não foi possível, pois mudaram de examinador que, em vez de vir da Praia deveria vir de São Vicente para fazer os exames ontem, dia 19 de Outubro. “Só ontem é que nos avisaram que não teríamos exame e, agora, não sabemos quando se realizará o próximo. Muitas pessoas que trabalham nos hotéis pediram ou mudaram as próprias folgas propositadamente para fazerem o exame e, na hora H, foram informados que o exame não se realizaria naquele dia”. Isto para desagrado dos estudantes.  

“Estamos todos indignados com esta situação. Muitos pedem para se realizar, pelo menos de 2 em 2 meses, um exame prático/teórico aqui na ilha”. Pode-se dizer que o número de alunos provenientes das duas escolas de condução chega a 100, incluindo muitos alunos que reprovaram no último exame feito há meses atrás.

Pelas informações recolhidas pelo NN, a situação afecta não só os alunos mas também as próprias escolas de condução que não conseguem terminar a fase final com os seus alunos: a realização dos exames para dotá-los da respectiva carta de condução. Existem duas escolas de condução e só uma delas tem cerca de oitenta alunos na lista de espera para a realização do exame.

O NN entrou em contacto com os responsáveis da viação rodoviária na ilha para esclarecer a situação da não realização dos exames e fomos remetidos para o serviço central na Cidade da Praia. Foi-nos dado um número de contacto e, na última sexta-feira, ligámos para o número mas, infelizmente, o telefone tocou mas ninguém atendeu. Esperamos poder, em breve, trazer a versão dos responsáveis e saber algo acerca da realização dos exames.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.