Ari Lopes assume o comando técnico da equipa sénior de Ribeira Bote

18/10/2016 08:33 - Modificado em 18/10/2016 08:33
| Comentários fechados em Ari Lopes assume o comando técnico da equipa sénior de Ribeira Bote

ary“É com muito orgulho que vou desempenhar as funções de treinador principal do Sport Clube Ribeira Bote e dar continuidade ao trabalho iniciado pelo Treinador César. É a minha primeira vez como treinador principal de uma equipa sénior. Agora, é trabalhar e fazer uma grande época porque o clube merece e a comunidade também”.

 

O novo treinador do Sport Club Ribeira Bote, Ari Lopes, aponta como meta principal a manutenção do clube na primeira divisão. Esta é a sua primeira experiência como técnico principal de uma equipa do primeiro escalão.

Com o objectivo de trabalhar para permanecer na primeira divisão e, posteriormente, “ver se aparece alguma surpresa nessa época”, Ari Lopes numa entrevista ao NN, garante que a equipa está em construção e pronta para o ataque ao G8.

O treinador, que na última época esteve na equipa técnica do Ribeira Bote como adjunto do então técnico César, diz que a sua promoção ao cargo de treinador principal é fruto do trabalho feito na época passada, bem como da sua experiência como técnico”. No entanto, explica que a decisão de aceitar o cargo adveio do técnico cessante que o motivou e o incentivou a embarcar-se nesta nova aventura.

O seu primeiro teste como técnico principal aconteceu no sábado passado à frente do Mindelense, na Taça dos Campeões, onde a sua equipa acabou por perder por 4-2 nas grandes penalidades, depois do empate a uma bola no período complementar.

O técnico que nos últimos anos tem estado nas categorias de formação, assegura que esta vai ser uma aventura diferente, já que treinar uma equipa Sénior é um desafio maior. “Temos de estar bem preparados, principalmente a nível psicológico”, salienta.

Quem é Ari Lopes? Qual é o seu passado como treinador?

Ari Lopes é um treinador que começou a treinar com 17 anos no Asas do Norte, uma equipa da minha zona, e nunca mais parou de treinar. Já passei por vários clubes como o Batuque, a Escola Jaime Pacheco e a Geração Benfica, mas todos em escalões juvenil. Na época passada (2015/2016) tive a minha primeira experiência no futebol principal, justamente no Ribeira Bote, como adjunto, onde vencemos o torneio de abertura e o campeonato da segunda divisão.

Sou um treinador atento, ambicioso, amigo dos jogadores e inovador.

O plantel está completo e preparado?

O plantel está em construção, mas temos uma base da época anterior que nos dá garantia de uma boa época. Quem viu o jogo contra o Mindelense viu um grande Ribeira Bote para a época 2016/2017.

Como treinador de formação, vai ser a aposta nos jogadores de formação para esta época?

Eu sempre defendi que temos de dar muito espaço às camadas jovens e, na minha forma de trabalho, vou apostar muito nos jovens, mas eles têm de mostrar trabalho porque sabemos que o futuro do futebol de Cabo Verde está nos jovens. Quero apostar nos jovens, mas sem esquecer os objectivos do clube.

Neste caso, qual é o estilo de jogo que mais gosta ou que pretende implementar?

O meu estilo de jogo vai ser o mesmo utilizado na época passada. Gosto de dizer que a equipa que está a ganhar não se mexe, por isso, vou dar continuidade ao trabalho começado pelo Mister César.

O que gostaria de pedir aos adeptos neste início de época?

Peço aos adeptos, principalmente da equipa do Ribeira Bote, para irem todas as semanas assistir aos jogos do clube para apoiarem a nossa equipa, porque a maior força vem deles.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.