Santo Antão: ICCA tem conseguido dar resposta aos casos de violação dos direitos das crianças

14/10/2016 08:09 - Modificado em 14/10/2016 08:09
| Comentários fechados em Santo Antão: ICCA tem conseguido dar resposta aos casos de violação dos direitos das crianças

iccaA Delegada do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA) em Santo Antão, Earsénia Nico, considerou, esta quarta-feira que, apesar da dispersão desta ilha, os serviços que dirige têm conseguido fazer o seu trabalho com normalidade.

 

Earsénia Nico que falava durante uma visita da Ministra da Educação ao Centro de Emergência Infantil Maria Teresa Segredo, em Janela, informou que a delegação do ICCA em Santo Antão tem sabido atender aos casos que violam os direitos das crianças, com destaque para o abuso sexual de menores.

“Não há muitos confrangimentos. Apesar da ilha ser dispersa, temos conseguido dar resposta aos problemas”, notou a responsável do ICCA em Santo Antão, onde tem havido ainda situações que se prendem com a própria responsabilidade das famílias.

Segundo Earsénia Nico, têm-se registado casos em que os direitos das crianças são violados devido à própria negligência das famílias, mas que se trata de uma situação que a delegação do ICCA tem sabido enfrentar.

A promoção de acções de reflexão sobre a problemática infantil tem sido também outra tarefa do ICCA em Santo Antão, conforme aquela responsável.

A Ministra da Educação, Maritza Rosabal, enalteceu o trabalho que este Centro de Emergência Infantil tem feito em prol das crianças em situação de risco em Santo Antão.

O Centro de Emergência Infantil Maria Teresa Segredo, financiado pela Fundação dos Amigos do Paul na Holanda, dispõe de 34 crianças que, além de uma refeição quente, recebem anda cuidados a nível psicológico e pedagógico.
Inforpress

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.