Post: Perversos sinais dos tempos

12/10/2016 08:43 - Modificado em 12/10/2016 08:45
| Comentários fechados em Post: Perversos sinais dos tempos

toze-barbosaO ex. e eterno jornalista Toze Barbosa aborda num post na sua página do FB o nível rasca que as eleições presidenciais atingiram. Agita as consciências quando questiona porque é que a candidatura da democrata Hilary Clinton não consegue uma vantagem clara sobre um candidato da estripe de Trump; um badalhoco, sexista, racista, xenófobo que tudo já vez para perder as eleições, mas que continua com possibilidades de vencer. Sinais dos tempos? Sinais perversos, certamente

 

Pelo que diz a opinião publicada – será efectivamente opinião pública? – o segundo debate eleitoral nos Estados Unidos foi ganho, com menos clareza que o anterior, por Hilllary Clinton.

O que é certo é que a senhora do Partido Democrata não descola suficientemente nas sondagens a ponto de gerar alguma confiança sobre a vitória nas urnas.

Isto apesar de todos os tiros no pé que Donald Trump tem dado e, sobretudo, às badalhoquices que introduziu na campanha e que não pode deixar de envergonhar todos os americanos tão ufanos da qualidade da sua democracia.

O que é certo também é que se a nossa campanha eleitoral tivesse o nível dessa que é seguida em todo o mundo, não faltaria quem avançasse com a ideia de que mais valia a pena de suspender a democracia, pois que esta não rima nada com a ordinarice e uma tão notória falta de nível.

É triste que a candidatura democrata não tenha já uma clara vantagem, coisa que bem pode ser tomada à conta de falta de credibilidade e confiança dos eleitores na forma como é feita a política.

Um claro sinal dos tempos em que qualquer demagogo pode arrebatar uma estrondosa votação e impor soluções ainda mais pobres.

Perversos sinais dos tempos, penso eu. A ver vamos.

 

António Sérgio Barbosa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.