Basquetebol: Kula Monteiro promete trabalhar da base até ao topo

29/09/2016 08:06 - Modificado em 29/09/2016 08:06
| Comentários fechados em Basquetebol: Kula Monteiro promete trabalhar da base até ao topo

basketO novo treinador da equipa nacional de basquetebol diz estar ciente das suas responsabilidades e, por isso, promete trabalhar com muito afinco na reestruturação da modalidade a nível nacional e, para isso, vai contar com o apoio da Federação de Basquetebol.

 

No entender de Anacleto “Kula” Monteiro, hoje em dia não se pode trabalhar de forma apressada para se conseguir uma boa selecção nacional, senão nunca “estaremos à altura de competir a nível do basquetebol internacional”, afirma.

Recentemente contratado ao cargo, o mesmo promete trabalhar com sentido de responsabilidade, com muito trabalho e reestruturar o basquetebol a nível nacional, da base até ao topo. “Vamos trabalhar durante quatro anos para reestruturar o basquetebol nacional”.

Acredita que a melhor solução está no acompanhamento dos jovens basquetebolistas desde cedo, a começar da formação, seguindo o seu acompanhamento nas diversas formações até chegar a fazer parte da selecção nacional.

Diz ainda que a selecção nacional não irá trabalhar sozinha e que só existirá se existirem também as selecções de base.

“Este é um projecto da Federação. Não podemos apenas trabalhar a selecção sénior e ignorar as selecções de escalões”, isso seria, conforme aponta, trabalhar no escuro, “isto é impossível”.

Para que isso aconteça, terá de haver uma ligação directa entre eles, ou seja, desde a base em termos de selecção até aos seniores. Aliás, os seniores serão o fruto deste projecto, afirma.

Reitera ainda a necessidade de trabalhar com calma e, por isso, está satisfeito de estar em sintonia com a Federação em relação às necessidades do basquetebol.

Kula acredita que se os jovens basquetebolistas nacionais trabalharem bem e se interiorizarem a filosofia que está a ser criada, terão oportunidade de trabalhar nas diferentes selecções nacionais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.