Morto com injecção de silicone no pénis

14/09/2012 02:25 - Modificado em 14/09/2012 02:25

Uma norte-americana de 35 anos é acusada de ter matado um homem ao dar-lhe uma injecção de silicone no pénis. Justin Street, de 22 anos, foi em Maio ao apartamento de Kasia Rivera em New Jersey, onde ela realizou o procedimento para aumento do pénis apesar de não possuir qualquer licença ou experiência médica.

 

O homem, pai de duas crianças, faleceu no dia seguinte, vítima de uma embolia provocada pelo silicone, noticia o jornal inglês The Sun.

Kasia Rivera, que incorre numa pena de dez anos, é acusada de homicídio involuntário, tendo alegado inocência.

As autoridades acreditam que a mulher realizou intervenções idênticas a outros homens o seu apartamento em East Orange, perto de Nova Iorque.

A mulher fazia mesmo publicidade em lojas da zona, tendo sido através desses planfletos que Street tomou conhecimento dos serviços que ela prestava.

 

 

 

 

cm.pt

  1. SN

    Bem fêt. quel que Deus dal ca tava ta tchegal??cada qual contejé k duk kel tem. e agora coitod daques criança.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.